Gilmar Fubá deixa hospital e assiste à vitória do Corinthians em Itaquera

Do UOL, em São Paulo

O ex-meio-campista do Corinthians Gilmar Fubá teve autorização para deixar o hospital no fim da semana passada e esteve em Itaquera, no sábado, para conferir a vitória do time alvinegro contra o Santos, 1 a 0, pelo Paulistão. O ex-jogador segue travando luta contra um câncer nos ossos.

Fubá foi recebido pela diretoria do Corinthians no estádio e assistiu ao duelo do camarote da Arena. O clube registrou a visita.

Gilmar afirmou sofrer com um linfoma, um câncer com origem no sistema linfático.

Mesmo diante de um difícil tratamento, Fubá não perdeu a descontração. Em um vídeo que fez em fevereiro no Hospital São Luiz, o ex-jogador brincou com o fato de ter a doença, lembrando que os atores Reinaldo Gianecchini e o Edson Celulari também foram afetados por linfomas. "Esse tipo de doença só dá em cara bonito".

"Eu já tive um encontro com Deus aqui nesse quarto e Deus me falou que eu já estava curado. Ele só me colocou aqui para ter um particular comigo. Esse tipo de doença só dá em cara bonito. Deu no Gianecchini, deu no Edson Celulari, agora infelizmente deu em mim. Estamos aí! Deus está na frente do negócio, está no controle. Se Deus quiser, logo, logo, o 'Fubázão' vai estar de volta. O guerreiro está ferido, mas jamais morto. Continuem com as orações para a gente", completou.

No hospital, Fubá foi visitado por ex-corintianos, como Neto, Batata, Vampeta e Müller. Fubá defendeu o Corinthians no fim da década de 90. Em 2000, ele foi campeão do Mundial de Clubes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos