Blogueiros cobram "discrição e neutralidade" de Tite após comemoração

Do UOL, em São Paulo

A cena de Tite festejando o gol do Corinthians no clássico contra o Santos, no último sábado (4), na Arena Corinthians, gerou polêmica. Será que é certo o técnico da seleção brasileira comemorar gol de um time, ou ele deve manter a discrição pelo cargo que ocupa? A segunda resposta foi a mais votada pelos blogueiros do UOL Esporte, que deram suas opiniões sobre o assunto. Confira:

André Rocha

O ideal seria Tite não ir à Arena Corinthians. Porque ele será homenageado e é humano ficar sensibilizado e acabar torcendo a favor do ex-time que o consagrou. Só que como treinador da seleção não é de bom tom. Até porque cria um clima estranho para uma futura visita à Vila Belmiro, por exemplo. No jogo do Corinthians em casa deveria ir o filho ou outro auxiliar.

Avallone

Não vi nada de grave na comemoração do técnico Tite após o gol corintiano. Claro que o ideal seria a discrição absoluta, mas seleção não é clube, logo não há incompatibilidade ética; e Tite é um ser humano, que não pode apagar os tempos felizes de Corinthians, os que o levaram à seleção. Ele não foi hipócrita. Não merece ser condenado, em minha opinião.

Juca Kfouri

Acho que deveria ter mantido a discrição. Fica bem com uma torcida e mal com todas as demais. Ele, porém, dirá que é autêntico e transparente e que foi incontrolável. Abaixo o politicamente correto!

Julio Gomes

Eu acredito que pessoas sejam capazes de trabalhar profissionalmente e imparcialmente. Ou seja, acredito que Tite seja, ao mesmo tempo, capaz de observar os jogadores do Corinthians e do Santos de forma isonômica, apesar de ficar feliz quando o Corinthians marca.

Eu acredito nisso. Mas muita gente, eu diria que a maioria, não. Portanto, o que Tite está fazendo é procurando sarna para se coçar. Dando margem a uma falação que só irá prejudicá-lo.

Menon

Acho desnecessário. Ele deve manter a neutralidade. Assim, fica mais fácil explicar a convocação do Fagner.

Marcel Rizzo

O técnico da seleção brasileira tem que se preservar. Ele já nem deveria ter ficado no mesmo camarote ou sala que os dirigentes do Corinthians. Quando vai aos jogos, Tite e seu estafe deveriam ocupar sala exclusiva, já que se pressupõe que estão lá para observar possíveis candidatos à seleção. Ao comemorar o gol, mesmo do ex-time no qual ainda mantém vários amigos, sobre uma outra equipe com profissionais que deve avaliar para convocações, Tite deixa a emoção sobrepor a razão. E para convocar é preciso que a razão esteja em primeiro lugar.

PVC

Acho que deveria ser discreto. Pergunto: se fosse o Dunga festejando o gol do Inter, a compreensão seria igual?

Ricardo Perrone

Se o técnico da seleção está assistindo ao jogo a trabalho, como era o caso, deve evitar comemorar gols. Questão de postura profissional. Mas o que Tite fez não chega a ser um escândalo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos