Cícero lembra gol anulado contra Corinthians para falar de lance impedido

Do UOL, em São Paulo

Convidado do programa Bem Amigos desta segunda-feira (6), Cícero não conseguiu escapar da polêmica sobre seu primeiro dos três gols anotado no último domingo na vitória por 4 a 1 sobre o Santo André. Mesmo claramente impedido, o meio-campista são-paulino brincou e disse que o gol deveria ser marcado, lembrando-se de um tento seu anulado equivocadamente contra o Corinthians em Itaquera, em 2015.

Quando perguntado sobre a quantidade de gols na carreira, Cícero questionado pelo comentarista Marco Antônio Rodrigues, dizendo que o primeiro gol do último domingo não deveria valer. O meio-campista, porém, foi rápido e devolveu a brincadeira na mesma moeda. "Esse (gol) tem que contar, sim. Vou te falar por que: em 2015, contra o Corinthians, na Arena, anularam um gol meu com quase três metros atrás do zagueiro... Então esse está valendo", brincou o são-paulino.

O lance citado por Cícero aconteceu em setembro de 2015, quando o Fluminense perdia para o Corinthians por 1 a 0. Gustavo Scarpa bateu escanteio na área, Edson desviou e a bola acabou com o meio-campista, que só completou. Apesar da posição legal, o gol foi anulado pelo bandeirinha Fábio Ferreira.

No último domingo, após cruzando de Luiz Araújo, Cícero abriu o placar para o São Paulo com apenas quatro minutos do primeiro tempo. Claramente impedido, o meio-campista, no entanto, disse não ter percebido sua posição irregular.

"Eu estava voltando, e é uma característica minha, sempre procuro entrar na área para fazer o gol. Na verdade, não olho se tenho condição ou não. Na hora que bati na bola, o zagueiro está na mesma linha do Lugano, então, não sei se o bandeira viu ou não", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos