Em busca de técnico, Ponte faz oferta a Adilson Batista e aguarda resposta

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Joinville

    Adilson Batista está sem clube desde 2015, quando foi demitido do Joinville

    Adilson Batista está sem clube desde 2015, quando foi demitido do Joinville

A Ponte Preta já tem um nome para assumir o comando da equipe: Adilson Batista. Sem clube desde julho de 2015, quando foi demitido do Joinville, o técnico recebeu proposta do clube campineiro e deve dar a sua resposta ainda nesta terça-feira (7).

Em conversa com o UOL Esporte, Adilson Batista negou que já exista um acerto entre ele e a diretoria da Ponte Preta. Porém, não desmentiu a negociação. "Por enquanto, não [acertamos]", disse.

Adilson Batista chegaria para assumir a vaga de Felipe Moreira, demitido na semana passada após a eliminação do time campineiro na Copa do Brasil – nos pênaltis, para o Cuiabá.

Adilson Batista chegou a ficar perto do Sport em dezembro do ano passado. Ele conversou com a diretoria rubro-negra, mas as duas partes não entraram em acordo e Daniel Paulista acabou sendo efetivado no cargo de técnico.

Hoje com 48 anos, Adilson Batista acumula passagens por diversos clubes brasileiros, entre eles Corinthians, Vasco, São Paulo, Santos, Sport, Grêmio, Atlético-PR. Figueirense, Atlético-GO e Cruzeiro. Fora do Brasil, passou dois anos comandando o Jubilo Iwata, do Japão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos