Para lateral Bruno, decisões precipitadas explicam gols sofridos pelo SP

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

    Bruno, lateral do São Paulo

    Bruno, lateral do São Paulo

Para o lateral direito Bruno, o grande número de gols sofridos pelo São Paulo nesta temporada (nove tentos em 16 jogos oficiais) tem explicação. Muitas vezes, decisões intempestivas podem prejudicar o sistema defensivo da equipe.

"Acredito que estamos tomando decisões um pouco precipitadas. Mas a equipe está bem. Dos três anos que estou aqui, é uma coisa diferente, com o Rogério. No futebol brasileiro, o que a gente está fazendo. Temos de minimizar os erros, estamos melhorando, a confiança também é muito importante. É deixar de lado esses comentários", disse o lateral, que destaca a também o papel da marcação começar no ataque.

"Concentração é a todo segundo, todo minuto. Temos de estar em todos os lances. Temos de ter o equilíbrio não só da minha parte, mas do time todo, porque uma boa defesa começa lá na frente. Temos de nos cobrar, mas o trabalho está sendo bem feito", completou Bruno.

Para o jogador, porém, a torcida tem motivos para acreditar na equipe neste ano. "É pouca coisa para arrumar. A gente vem se cobrando. Temos um elenco muito forte, grandes jogadores nas posições, para não deixar mais essas dúvidas", afirmou o ala.

No ataque, Bruno também tem papel importante no São Paulo. O lateral deu três assistências neste ano. Na última temporada, ele foi o principal garçom do time com sete passes para gol.

"Acredito que é o modelo de jogo do Rogério, que vem nos ajudando. Todo mundo se aproximando sempre, tendo a paciência também, para a gente atacar por todos os lados. Isso facilita bastante, as opções. Os jogadores estão dando essas condições, não ficar parado, e está dando certo", disse o jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos