Sem Cirino, Inter volta ao mercado e cogita novo reforço no ataque

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • RUDY TRINDADE/ESTADÃO CONTEÚDO

    Cirino não se acertou com o Internacional e acabou inscrito pelo Flamengo na Libertadores

    Cirino não se acertou com o Internacional e acabou inscrito pelo Flamengo na Libertadores

O Internacional não teve sorte na investida por Marcelo Cirino. Depois de três meses de negociação, o Colorado saiu das tratativas oficialmente na noite de segunda-feira (07). Mas isso não significa sair do mercado. O clube vermelho ainda pretende reforçar o grupo.

Sem a vinda de Cirino, o ataque passa a ser alvo principal. A direção afirmou anteriormente que tinha mais dois jogadores na mira caso não fechasse com Cirino. E agora passará a tratá-los como metas principais.

"O Inter não fecha o ciclo de contratações nunca. Um clube com o tamanho do Internacional precisa sempre estar reforçando seu elenco", disse o vice de futebol Roberto Melo.

Para a frente já foram contratados Roberson, William Pottker (que se apresenta após o Paulista) e Carlos. Cirino seria o último jogador a reforçar o setor ofensivo vermelho, mas o acerto não se concretizou. 

Além do ataque, a direção ainda mira a chegada de um volante. Com Uendel improvisado no 'time ideal' e agora uma possível mudança com a lesão de Carlinhos, o comando vermelho sabe que será preciso outro atleta para a função. 

A terça-feira será de viagem para a delegação do Inter. O destino é São Luís, no Maranhão, para o jogo de quarta-feira (08) pela Copa do Brasil. Nos longos quilômetros até lá, muita conversa entre os dirigentes e o recomeço da busca por um atacante. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos