Xavi cogita ser treinador, mas descarta substituir Luis Enrique no Barça

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Meio-campista afirma que ainda quer jogar até a metade de 2018

    Meio-campista afirma que ainda quer jogar até a metade de 2018

Quando Xavi se transferiu para o futebol árabe, ele já havia deixado claro que tinha planos de virar treinador, ideia que persiste. Com o anúncio da saída de Luis Enrique no meio do ano, a mídia internacional especula uma possível volta de Xavi ao Barça, desta vez como treinador.

Em entrevista ao Le Parisien, o meio-campista destacou que ainda não é momento de virar técnico do time catalão.

Mesmo que se quisesse, Xavi precisaria passara antes por um curso de capacitação para exercer a função de treinador.

"É um sonho e se está convertendo em um projeto. Estou tentando me preparar para isso. Mas ainda tenho que passar pelo exame de treinador em Madri. Ainda têm muitas coisas para aprender a fazer diante de um vestiário com 25 jogadores e com equipe técnica e médica", disse.

Xavi planeja encerrar a carreia em junho de 2018, quanto tiver 38 anos. Atleta do Al-Saad, o meio-campista deu palpites sobre quem o Barça deve contratar. Para ele, um grande reforço seria Marco Verratti, do PSG.

"Verratti seria o primeiro. Mas o Barça não tem grandes necessidades. Para mim, os três atacantes [Messi, Neymar e Suárez] são os melhores da posição no mundo. Busquets é o melhor em sua posição. Iniesta também".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos