Ídolo do Goiás, Harlei deixa diretoria de futebol por 'motivos pessoais'

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Rosiron Rodrigues/Site oficial do Goiás

    Ex-goleiro, Harlei defendeu o Goiás por 15 temporadas

    Ex-goleiro, Harlei defendeu o Goiás por 15 temporadas

Ídolo da torcida esmeraldina, Harlei pediu nesta quarta-feira (8) para ser afastado da diretoria por tempo indeterminado. O ex-goleiro, que vinha trabalhando como gestor de futebol, alegou 'motivos pessoais'.

"Por motivos pessoais, o gestor de futebol, Harlei Menezes, solicitou ao Goiás Esporte Clube afastamento por tempo indeterminado", comunicou a assessoria de imprensa do clube.

Procurado pelo UOL Esporte, Harlei preferiu não comentar sobre sua saída e disse apenas que pode retornar ao Goiás depois que resolver seus problemas.

Harlei voltou a trabalhar no clube esmeraldino em novembro do ano passado e se tornou o principal responsável por montar o elenco para a temporada 2017.

Esta foi a segunda passagem de Harlei como dirigente do Goiás. Em 2015, logo após anunciar sua aposentadoria dos gramados, ele assumiu o cargo de gestor de futebol, mas acabou demitido no fim do ano após a queda do time para a Série B.

Como jogador, Harlei defendeu o Goiás por 15 anos. Ao todo, ele disputou 831 jogos com a camisa esmeraldina.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos