Ponte e Adilson Batista não chegam a acordo, e clube segue atrás de técnico

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Joinville

    Adilson Batista está sem clube desde 2015, quando foi demitido do Joinville

    Adilson Batista está sem clube desde 2015, quando foi demitido do Joinville

Ainda não será dessa vez que Adílson Batista comandará a Ponte Preta. Nome mais forte para substituir Felipe Moreira, demitido na semana passada, ele não chegou a um acordo com o clube campineiro, que continua atrás de um novo técnico para a sequência da temporada.

Segundo apurou o UOL Esporte, a Ponte Preta fez uma proposta a Adílson Batista na última terça-feira (7), mas as partes não chegaram a um acordo e a negociação já foi encerrada.

Com isso, a diretoria da Ponte Preta segue em busca de um novo nome para comandar a equipe. Por enquanto, o auxiliar João Brigatti – que inclusive comandou o time na vitória por 1 a 0 sobre o Ituano, no último domingo – continua à frente do time campineiro.

Líder do grupo D do Campeonato Paulista com 14 pontos, a Ponte Preta volta a campo no próximo domingo (12) para encarar o Corinthians, às 16h (de Brasília), no Moisés Lucarelli.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos