Keno celebra gol e diz que, sem expulsão, Palmeiras poderia vencer

Do UOL, em São Paulo

Autor do gol que garantiu o empate por 1 a 1 do Palmeiras na estreia da Copa Libertadores contra o Atlético Tucumán, o atacante Keno deixou a Argentina satisfeito com a sua participação decisiva no jogo e com o ponto conquistado fora de casa. Mas acredita que poderia ter sido ainda melhor.

Em entrevista à TV Palmeiras, o jogador disse que a disputa em igualdade numérica durante todo o jogo significaria uma maior chance de vitória em Tucumán. Vitor Hugo foi expulso aos 22 minutos do primeiro tempo, e mesmo assim o time brasileiro teve chances para vencer.

"Feliz pelo meu gol, e o grupo está de parabéns por ter corrido com um a menos. A gente sabia que era difícil jogar fora de casa, ainda mais com um a menos, e a gente teve a tranquilidade para jogar. Sabíamos que era difícil, mas o grupo segurou a pressão e saímos com um ponto fora de casa", disse.

"Pela expulsão estamos de parabéns. Se estivesse de igual para igual, poderíamos sair com a vitória. Com um a menos tivemos duas chances para fazer o segundo gol, mas não saiu e agora temos que descansar que tem o clássico", disse, em referência ao duelo contra o São Paulo, no sábado, pelo Campeonato Paulista.

Com um a menos, o Palmeiras sofreu o primeiro gol aos 24 minutos do primeiro tempo. Ainda antes do intervalo, Keno empatou. Na segunda etapa, Borja esteve perto de dar a vitória ao time brasileiro, mas desperdiçou a melhor chance para o desempate.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos