Thiago Mendes diz que excesso de gols sofridos incomoda Ceni: "Era goleiro"

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

Os 17 gols sofridos pelo São Paulo em apenas 10 jogos na temporada incomodam Rogério Ceni. De acordo com o volante Thiago Mendes, o novo treinador cobra do elenco mais atenção para evitar "gols bobos".

"Acho que ele não gosta de levar tantos gols. Era goleiro e não é agora que vai gostar", brincou Mendes, em entrevista ao "Sportv". "Estamos tomando gols bobos e ele está buscando o ajuste o mais rápido possível".

"Acho que é falta de atenção nossa. Pode ver que a maioria dos gols que tomamos está tudo certo atrás e estamos defendendo bem, mas é falta de atenção. Tirando isso a equipe está se comportando bem", continuou.

Apesar de tomar muitos gols, o São Paulo tem sido um time que balança muitas vezes as redes na temporada. Na atual temporada, foram 29 gols em 10 partidas, uma média de quase três gols por jogo.

"Quando estamos sem a bola temos que marcar pressão e depois com a bola tem que atacar novamente e estamos fazendo isso. Por isso estamos sendo felizes nos gols", explicou Mendes.

Questionado sobre se Rogério Ceni seria mais "chato" como treinador ou quando era goleiro, Thiago Mendes afirmou: nos dois. "Ele sempre está pegando no pé e puxando a orelha e ele sabe disso, que sempre tem que estar pegando no pé".

O próximo compromisso do São Paulo será em dois dias. No sábado (11), os comandados de Rogério Ceni fazem clássico fora de casa com o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos