Boa recebe críticas por contratação de Bruno na internet: "Ficaram loucos?"

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

A contratação do goleiro Bruno, recém-saído da prisão, pelo time mineiro Boa Esporte, que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro nesta temporada, teve repercussão negativa nas redes sociais. Logo após a notícia sobre o acerto, na tarde desta sexta-feira (10), os internautas dispararam ataques contra o clube. 

"Seus ordinários, o cara deu a mãe do filho para um cachorro comer e vocês querendo fazer média... Vão para a PQP", disse um, no Facebook da equipe. 

Bruno, por decisão do STF, deixou a prisão no fim de fevereiro. O ministro Marco Aurélio Mello, que assinou a liminar, determinou que não há justificativa para mantê-lo em prisão preventiva por quase sete anos. O goleiro foi condenado em primeira instância a 22 anos e 3 meses de prisão, em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado e ocultação do cadáver de Eliza Samúdio, além de sequestro e cárcere privado do filho que teve com a ex-amante. A defesa do jogador recorreu, e ele aguardará o julgamento em liberdade. 

No Twitter, a reação sobre a contratação não foi menos indignada. "Quem contrata o goleiro Bruno nem é gente", criticou um internauta. 

 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos