Com Rogério Ceni como técnico, Rodrigo Caio vê SP comprometido em 2017

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Knapp/Folhapress

    Rodrigo Caio destaca o trabalho de Rogério Ceni no São Paulo

    Rodrigo Caio destaca o trabalho de Rogério Ceni no São Paulo

Na última entrevista que concedeu em 2016, Rodrigo Caio falou sobre a falta de comprometimento do São Paulo. Neste ano, a opinião do jogador é bem diferente. Com a chegada do técnico Rogério Ceni, o zagueiro vê um ambiente diferente no Tricolor

"Mudou muito o São Paulo, não só pelas vitórias, mas pela forma que estamos encarando cada jogo, que é visto como uma final para nós. Fizemos uma pré-temporada muita boa, entramos no ano com a perspectiva totalmente diferente. Trouxemos aquela pegada de Libertadores. Hoje, vemos a equipe com a cara totalmente diferente. A torcida também, comparece. Dá gosto de ver o São Paulo jogando, espero que a cada jogo a gente possa crescer como equipe", disse Rodrigo Caio.

Até mesmo por conta do momento favorável, com nove jogos de invencibilidade, o defensor acredita que o Tricolor esteja em condições de acabar com o tabu e vencer pela primeira vez o Palmeiras no Allianz Parque, neste sábado.

"Clássico muda muita coisa. Quando entramos em um jogo, principalmente em um clássico, fazemos isso pensando em vencer. Temos um plano de jogo muito bem feito, sabendo o que cada um tem de fazer dentro de campo. Isso é o mais importante. Estamos muito bem preparados, esperamos estar em um dia muito feliz e fazer o nosso melhor", disse o jogador, que não se intimida ao enfrentar o atacante colombiano Borja, que foi o carrasco do São Paulo na semifinal da Libertadores 2016.

"Já conheço muito bem a forma que ele joga. É um centroavante de muita qualidade, mas eu e meu companheiro de zaga vamos ter muita atenção, como eles precisam ter com o Pratto. Vamos estar bem preparados", garantiu Rodrigo Caio.

A lamentação do zagueiro ficou por conta da ausência do colega Maicon, que se recupera de entorse no tornozelo esquerdo e está fora do clássico deste sábado.

"A gente fica triste, porque é um excelente jogador, o nosso capitão. Ele nos ajuda muito dentro de campo. Infelizmente, teve uma lesão no tornozelo, que é meio complicada, mas o quanto antes vai estar à disposição", espera Rodrigo Caio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos