"Homem de ferro" corintiano deve ser poupado após 900 minutos sem descanso

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

    Pablo virou destaque do Corinthians no início de 2017

    Pablo virou destaque do Corinthians no início de 2017

Dos 10 jogos oficiais do Corinthians em 2017, nenhum jogador de linha jogou tanto quanto o zagueiro Pablo. Contratado do Bordeaux-FRA, ele atuou em todos os minutos da temporada e portanto é favorito para descansar no domingo. Fábio Carille já avisou que terá de preservar alguns titulares do confronto com a Ponte Preta. 

Para se ter uma ideia, nenhum jogador dos quatro grandes paulistas teve tantos minutos quanto Pablo nesse início de ano. Se levada aos chamados 12 clubes grandes do país, apenas o Fluminense, que teve 12 jogos em 2017, tem atletas com mais minutos que o zagueiro corintiano em campo. No caso, Henrique, Léo Pelé e Orejuela. 

A condição do zagueiro adquirido em janeiro, que já conquistou a confiança da direção, comissão técnica e torcida, é elogiada pelo preparador físico Walmir Cruz.  

"É excelente. Nós monitoramos todos os jogos dele desde o Avaí (2014), Ponte Preta (2015) e Bordeaux (2015, 16 e 17) e ele é um cara dedicado ao extremo. A gente vem conversando com ele sobre como ele se sente no campo e na recuperação e isso (poupar) é coisa a se decidir com toda a comissão analisando os dados e falando com o jogador como ele se sente", explicou Walmir. 

De acordo com o preparador, há um detalhe importante sobre os jogadores que não pegarão a Ponte Preta. "Nós não tiramos para poupar, mas sim para fazer um treino específico para ele ganhar alguma coisa que vem perdendo pelo número de jogos excessivo e a falta de recuperação", contou. 

Curiosamente, a principal razão para Pablo deixar a França foi a condição física. O zagueiro de 25 anos perdeu espaço no grupo do Bordeaux depois de realizar cirurgia no púbis e, até a chegada ao Corinthians, só havia participado de amistosos pela equipe B desde maio do ano passado. 

No novo clube, o jogador tem impressionado positivamente. A defesa do Corinthians, alvo de críticas em 2016, se acertou com as entradas dele e do volante Gabriel para o setor com Cássio, Fagner, Balbuena e Guilherme Arana. Em 10 jogos na temporada, os corintianos só foram vazados em dois - quatro gols no total. Ofensivamente, Pablo também agrada e já balançou as redes duas vezes, contra Novorizontino e Mirassol. 

No fim de semana, provavelmente sem Pablo, quem deve jogar na zaga é o jovem Pedro Henrique. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos