Para Joel, virada do Vasco sobre o Palmeiras foi maior que a do Barcelona

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Evelson de Freitas / Folha Imagem

    Em 2000, Vasco perdia por 3 a 0 para o Palmeiras, mas virou para 4 a 3 em 45 minutos

    Em 2000, Vasco perdia por 3 a 0 para o Palmeiras, mas virou para 4 a 3 em 45 minutos

A épica classificação do Barcelona sobre o Paris Saint-Germain nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões da Europa sacudiu o mundo e virou manchete em todos os jornais. Para muitos, a vitória incomum dos catalães por 6 a 1 foi a maior virada da história. No Brasil, porém, há quem conteste e cite a incrível vitória do Vasco por 4 a 3 sobre o Palmeiras na final da Copa Mercosul de 2000.

Treinador cruzmaltino na ocasião, o folclórico Joel Santana enumerou alguns argumentos para embasar a sua tese e defender sua façanha. Entre os principais, o fato de ser uma final de campeonato e dos vascaínos estarem atuando fora de casa.

"O futebol é gostoso por conta desses acontecimentos, mas na minha opinião, a virada do Vasco foi mais decisiva pois foi o epílogo do filme. Era numa final de campeonato, valia a taça, tínhamos 45 minutos para fazermos quatro gols com um a menos em campo. Além disso, estávamos na casa do adversário. O do Barcelona valia uma classificação e foi em casa, mas mesmo assim também entrou para a história", avaliou ao UOL Esporte.

A final da Copa Mercosul de 2000 foi disputada em três partidas. Na primeira, o Vasco venceu por 2 a 0 em São Januário. Na segunda, em São Paulo, o Cruzmaltino foi derrotado por 1 a 0. Na terceira e decisiva partida, o Palmeiras tinha a vantagem de jogar em casa. O vencedor do confronto levaria o título, enquanto o empate forçaria a disputa por pênaltis.

O primeiro tempo daquele duelo acabou em 3 a 0 e muitos palmeirenses já comemoravam o título. No segundo, mesmo com a expulsão do zagueiro vascaíno Júnior Baiano, brilhou a estrela de Juninho Paulista - e, principalmente, Romário, que marcou três, sendo o último, aos 48 min, o do caneco.

O jogo entre Barcelona e PSG foi válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos