Técnico é vaiado por substituição e jogador que saiu o defende: Não sou CR7

Do UOL, em São Paulo

  • Pete Norton/Getty Images

    Nicky Ajose defendeu seu treinador de críticas da torcida

    Nicky Ajose defendeu seu treinador de críticas da torcida

 

O técnico Luke Williams foi vaiado pela torcida do Swindon Town quando tirou de campo o atacante Nicky Ajose aos 30 minutos do segundo tempo, no último sábado (11), na derrota por 3 a 2 para o Port Vale, pela terceira divisão inglesa. Mas o próprio atleta substituído saiu em defesa do treinador de modo inusitado.

"Luke ser criticado por me substituir foi algo que me surpreendeu um pouco. Eu não sou Cristiano Ronaldo, eu posso ser substituído", disse o jogador à BBC.

Ele também lembrou que estava voltando de um problema físico. "Um atleta não pode voltar de uma lesão que foi causada por fadiga e jogar 90 minutos na semana seguinte. Era para ser só 60, então acho que Luke me forçou um pouco ao me deixar jogar por 75".

O Port Vale estava vencendo por 2 a 1 no momento em que Ajose deixou o gramado. Nos últimos 15 minutos, saiu um gol para cada lado. Tanto Port Vale quanto Swindon Town estão na zona de rebaixamento da terceira divisão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos