Cristian é afastado do Corinthians após declarações contra o clube

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo.

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Cristian ficou fora da lista do Campeonato Paulista

    Cristian ficou fora da lista do Campeonato Paulista

O volante Cristian está afastado do elenco do Corinthians. A decisão foi tomada nesta quarta-feira depois de uma entrevista do jogador. Após a decisão da diretoria alvinegra, o atleta nem chegou a ir a campo no treino realizado esta tarde no CT Joaquim Grava.

Em declaração ao Lance!, Cristian se mostrou magoado com o Corinthians e citou um episódio ocorrido durante a pré-temporada nos Estados Unidos. Na ocasião, a aliança do volante sumiu e o clube, segundo ele, não deu apoio esperado, em caso em que até a polícia foi envolvida.

Cristian, que é dono do segundo maior salário do elenco, atrás apenas de Jadson, ficou fora da lista de 28 inscritos para o Campeonato Paulista, que foi definida em janeiro. Semanas depois, o jogador fez uma reclamação pública sobre o caso. 

"Se me avisam antes, em dezembro, quando já estava todo mundo sabendo da programação, seria mais fácil para todo mundo. Não teria esse transtorno todo, nem para mim, nem para o Corinthians. Acho que as pessoas podiam ter sido mais fácil para todo mundo", afirmou em entrevista à Rede Globo.

Em coletiva no CT corintiano, o diretor de futebol Flávio Adauto fez críticas à postura de Cristian. "Ele não tinha que estar preocupado com questões que fogem ao campo de jogo. Devia estar preocupado em treinar, jogar, ser eficiente, e deixar qualquer outro problema para nós da diretoria e para a comissão técnica. Acho que ele se excedeu", disse.

O gerente de futebol Alessandro, que jogou com Cristian no Corinthians, também foi duro e afirmou que ninguém no clube vai conseguir "por seu passado" uma posição na equipe titular.

"Não consigo deixar passar alguns pontos que ele vem questionando desde que ele ficou fora da lista de inscritos do Paulista. Ele estava com uma postura diferente dos outros atletas e foi muito infeliz na declaração, porque ele foi o primeiro a saber que não estaria na lista", disse o ex-lateral.

"Me surpreende um pouco também o fato de o Cristian, tendo toda a história dele no Corinthians, era para ele administrar um pouco melhor o fato de não estar jogando e fazer como todos os outros estão fazendo: se envolver com o trabalho e mostrar para o treinador dentro do campo, não reivindicar publicamente", completou Alessandro.

Cristian, 33 anos, voltou ao Corinthians no começo de 2015, mas pouco jogou. Ele participou de apenas 39% dos jogos oficiais da temporada 2015. Foram 26 jogos (14 como titular), de um total de 67 que o Corinthians disputou. No ano passado, a participação caiu ainda mais: 27% - o volante entrou em campo 18 vezes (13 como titular) O time alvinegro fez 67 jogos oficiais na temporada.

Recentemente, o nome de Cristian foi comentado na Chapecoense, que apesar dos elogios do treinador Vagner Mancini a ele (trabalharam juntos no Paulista de Jundiaí), fez resistências por informações quanto às partes física e técnica do volante. No ano passado, propostas da Turquia e da China foram mostradas ao jogador, que não quis deixar o Corinthians.
 
Confira a nota oficial do clube:
 
Após reunião entre o Diretor de Futebol Flávio Adauto e o Gerente de Futebol Alessandro Nunes ficou definido o afastamento do atleta Cristian Baroni.

Durante tal período o volante terá todos os seus direitos respeitados e continuará tendo as mesmas condições de trabalho que o restante do elenco no Centro de Treinamento Joaquim Grava, passando a exercer suas atividades em horários a serem definidos pela Comissão Técnica.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos