Ex-jogador do América de Cali é preso por tráfico e lavagem de dinheiro

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Caracol

    Jose John Jimenez Guzman (2º à esq) será extraditado

    Jose John Jimenez Guzman (2º à esq) será extraditado

Ex-jogador do América de Cali com passagem pela seleção colombiana na década de 1980, Jose John Jimenez Guzmán foi preso acusado de envolvimento com um conhecido grupo de traficantes do país, o Los Comba.

Segundo informações da imprensa colombiana, Guzmán foi acusado formalmente de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. O valor das irregularidades poderia chegar a R$ 10 milhões.

Após a prisão ocorrida em Cali, autoridades dos Estados Unidos pediram a extradição de Guzmán. O Tribunal da Flórida solicita há 12 meses a captura do ex-jogador, que teria participado do envio de cocaína para os Estados Unidos por meio de lanchas.

Guzmán, que era chamado de "O Jogador" pelo grupo, aguardará os trâmites burocráticos para a sua extradição em uma penitenciária de segurança máxima de Bogotá.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos