Dani Alves encara o Barça pela primeira vez após polêmica saída e críticas

Do UOL, em São Paulo

Daniel Alves admitiu: não queria enfrentar o Barcelona nas quartas de final da Liga dos Campeões. Mas foi justamente o que aconteceu após o sorteio dos confrontos desta sexta (17). Juventus e Barça jogarão por uma vaga na semifinal da competição. Essa será a primeira vez que o brasileiro enfrentará o seu ex-clube.

A própria Juventus usa o jogador como arma secreta e entende que será um jogo ainda mais especial para o brasileiro. Logo depois do sorteio, publicou em seu Twitter que será um clássico para Daniel Alves.

"Juventus x Barcelona: um clássico de Daniel Alves. Hoje o sorteio colocou nosso lateral brasileiro contra o seu ex-clube", escreveu a Juve com uma foto de Dani Alves.

Foram oito temporadas no Barcelona e três títulos da Liga dos Campeões pelo clube catalão, a última delas (2014/2015), inclusive, contra Juventus. 

"Eu não quero jogar contra o Barcelona, seria estranho para mim. Se eu tiver que enfrentar o Barcelona, eu prefiro que seja na final", comentou Daniel Alves em entrevista ao beIN Sports logo depois da classificação da Juve para as quartas de final.

Depois do sorteio, os dirigentes do Barcelona comentaram sobre Daniel Alves, exaltando o jogador. "É um jogador que esteve com a gente por muitos anos e gostamos muito dele. Vai ser uma partida especial", disse o vice-presidente do Barcelona, Jordi Mestre.

"Os torcedores poderão se despedir dele e fazer um reconhecimento a ele por sua trajetória no clube, já que quando ele saiu já havia acabado a temporada," comentou Albert Soler, diretor de esportes do Barcelona.

Na Juventus Daniel Alves vai muito bem. É titular da equipe com três gols feitos, cinco assistências e 21 jogos. 

Daniel Alves tem muitos amigos em Barcelona. É um dos melhores amigos de Lionel Messi, como o próprio argentino já admitiu, e é muito próximo a Neymar. Os dois participavam de festas juntos e apareciam bastante nas redes sociais unidos na época em que o lateral vivia em Barcelona.

Daniel Alves participou de 214 jogos pelo Barcelona, mas apesar de sua história de oito anos e de muitos títulos pelo clube, Daniel Alves não deixou o rival das quartas de final da Liga dos Campeões da melhor maneira. Assinou com a Juventus em julho de 2016 depois de várias tentativas de frustradas de renovação de contrato com a equipe catalã. Haveria um sentimento de 'vingança' no jogador pela sua saída difícil do clube?

Ingredientes para um bom jogo não faltarão. E polêmicas fora de campo também não. O próprio Daniel Alves já criticou bastante o ex-clube após sua saída.

"Gosto quando sou querido, e se não me querem, eu me vou. Tive sorte de sair do Barcelona de graça. Durante as minhas três últimas temporadas sempre se escutava que Alves iria embora, mas os dirigentes nunca me diziam nada na cara. Foram muito falsos e mal-agradecidos. Não tiveram respeito comigo. Só me ofereceram a renovação quando foram punidos pela Fifa. Então é quando eu entrei na jogada e assinei uma renovação com cláusula livre. Os que dirigem o Barcelona hoje não têm ideia de como tratar a seus jogadores", detonou o lateral em entrevista ao jornal ABC da Espanha publicada em fevereiro de 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos