Mourinho oferece até banana contra fadiga. E é detonado por comentarista

Do UOL, em São Paulo

  • Andrew Yates/Reuters

As reclamações de Jose Mourinho pelo calendário apertado após a vitória sobre o Rostov e a classificação para a próxima fase da Liga Europa geraram polêmica na Inglaterra. O treinador chegou a oferecer uma banana ao lateral argentino Rojo durante o jogo como forma de combater a fadiga, atitude vista como exagerada por críticos.

Para o ex-jogador e atual comentarista Roy Keane, as reclamações de Mourinho não fazem sentido. Ele foi duro na avaliação da entrevista pós-jogo do treinador.

"Eu nunca ouvi tanta bobagem em minha vida. Por que temos de ouvir isso? É apenas um absurdo absoluto o que ele está falando. Ele é o treinador do Manchester United, um dos maiores clubes do planeta. O elenco que ele tem, os jogadores... e ele continua reclamando sobre agenda e fadiga", disse em comentário na ITV.

"Talvez o clube seja muito grande para ele. Ele não pode lidar com todas essas exigências nas partidas, mas que partidas? Os reservas do Manchester United poderiam ter ganho esse jogo nesta noite", completou.

Na entrevista em questão, Mourinho disse que o Manchester United tem "um monte de inimigos" e reclamou da sequência de jogos da equipe. Assim, ele ironizou e disse que considera uma derrota certa para o Middlesbrough, domingo, pelo Campeonato Inglês.

"Os garotos são incríveis. Mas provavelmente perderemos o jogo no domingo. Fadiga tem um preço", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos