Renato Augusto agradece Dunga e lembra conversa com Neymar na Olimpíada

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Martins/MoWA Press

Renato Augusto tem se destacado na seleção brasileira quando é chamado pelo técnico Tite. Apesar da boa fase com o atual treinador, o jogador não deixou de exaltar Dunga por sua convocação mesmo após se transferir para a China.

"Eu sou muito grato ao Dunga porque mesmo indo para China e todos indo contra, ele peitou. Eu pensei que com o Tite demoraria mais, porque ele é mais detalhista, então são pequenos detalhes: bola parada que é perfeita é uma bola parada que tem que ter certeza. Teve mérito do Tite, mas também muito dos jogadores também", disse Renato Augusto em entrevista ao Esporte Espetacular da TV Globo neste domingo (19).

Por estar na China e precisar encarar e jogar com atletas que atuam na Europa, Renato Augusto faz uma preparação diferenciada para estar bem fisicamente. "É preparação um pouco diferente dos outros jogos, porque acaba vindo de férias ao contrário de quem está na Europa. Hoje minha função é potencializar os caras que estão perto. Tenho Neymar e Marcelo perto. Por pensar primeiro neles, acabei sobressaindo", comentou.

Relembrando a medalha de ouro olímpica, Renato Augusto ainda revelou uma conversa com Neymar durante a competição, a qual ele acredita ter sido fundamental ao grupo. "Na própria Olimpíada eu chamei ele de canto e falei que ele é o líder técnico e às vezes com um gesto ele poderia pressionar mais. E o cara pensa: se esse maluco corre, por que não vou correr? Ele incendiou os outros", analisou.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos