10+: F.Melo provocador e gols perdidos são destaques em rodada de clássicos

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/AGIF

    Felipe Melo vibra com virada do Palmeiras; provocador, volante foi um dos personagens

    Felipe Melo vibra com virada do Palmeiras; provocador, volante foi um dos personagens

Em uma rodada com clássicos importantes, Felipe Melo foi o grande destaque. O volante foi provocado pelos santistas, retribuiu com uma dancinha e ainda tirou sarro da pouca presença da torcida na Vila Belmiro; Se ele comemorou, é porque Vitor Bueno conseguiu errar um gol feito, assim como Pimpão fez no clássico do Rio de Janeiro, já nos acréscimos.

Veja, abaixo, essas e outras histórias dos Estaduais no 10+ do último fim de semana:

1 – Felipe Melo ouve, dança e rebate

Felipe Melo foi o principal alvo da torcida do Santos no clássico na Vila. O volante ouviu que "afundou a seleção" na saída para o intervalo e reagiu pedindo "mais" ao público. Quando o Palmeiras virou para 2 a 1, ele aproveitou para dançar na comemoração com os companheiros, voltou a gesticular após o apito final e pôs a cereja no bolo na entrevista:

"A gente está acostumado a jogar em caldeirão. Nunca vi caldeirão com 8.000 pessoas. Caldeirão é lá no chiqueiro, pô. Mas é isso, é um grande time, o Santos é um ótimo time, excelente time", comentou o jogador em entrevista ao Premiere.

2 – Gols perdidos de forma incrível decidem clássicos

Na Vila Belmiro, foi Vitor Bueno quem vacilou. Logo no primeiro tempo, uma bola esquisita sobra no pé do jogador santista que, com o gol aberto, erra a passada e não consegue bater direito. O lance custou caro, já que o Santos, melhor na partida, levaria a virada no finzinho do segundo tempo. Depois do jogo, ele se recusou a falar sobre o assunto. Veja o lance abaixo:

Pelo Estadual do Rio, foi Pimpão quem desperdiçou a chance. No finzinho do clássico contra o Vasco, o atacante saiu livre diante de Martins Silva e bateu estranho na bola. Não chutou nem passou e perdeu uma chance clara de evitar o 0 a 0. "Eu me responsabilizo por ter tomado essa decisão. É questão de segundo ali", disse o atacante. Assista aos melhores momentos e veja a falha de Pimpão no último lance:

3 – Hernane tenta cavadinha e erra de forma grotesca

O Bahia venceu o Galícia por 3 a 0 pelo Campeonato Baiano, mas o lance que chamou mais atenção na partida não foi de Lucas Fonseca, Allione e Régis, autores dos gols da partida. Aos 18 minutos de jogo, Hernane Brocador, ex-Flamengo, partiu para uma cobrança de pênalti e deu uma cavadinha horrível, para fácil defesa do goleiro Hugo.

4 – Renan Ribeiro é boa notícia para são-paulinos

Marcello Zambrana/AGIF

Se por um lado mostrou novamente que o São Paulo de Rogério Ceni não é um time defensivamente confiável, o empate por 1 a 1 com o Ituano, sábado no Morumbi, também deixou uma esperança na posição mais instável da equipe. Renan Ribeiro, que estreou em 2017, fez pelo menos três grandes defesas, agradou e deu esperanças ao torcedor que estava incomodado com as falhas de Denis e Sidão.

Rogério Ceni decidiu fazer mistério sobre quem utilizará no meio da semana, contra o Botafogo-SP. "Vamos ver o Sidão na segunda e na terça", disse o treinador, citando o suposto titular que sofre com lesão. Já Renan Ribeiro, que vê a melhor chance da carreira aos 26 anos, fala em ter uma sequência para mostrar serviço.

5 – Técnico se manifestam por "lei Caio Júnior"

Sirli Freiras - 19.mar.2017 / Chapecoense

Ao longo do fim de semana, técnicos de todo o país mostraram união em torno da aprovação da lei Caio Júnior, que pretende regulamentar a profissão de treinador. Encabeçada por Wagner Mancini, a campanha consistiu em uma camisa alusiva ao projeto de lei que tramita no Congresso com o nome do ex-treinador da Chapecoense, morto na tragédia do fim do ano passado em Medellín.

6 – Xodó, Vizeu comanda os reservas do Fla

O Flamengo levou seus reservas a campo contra o Resende, mas sofria para furar a retranca do time rival em Volta Redonda. A torcida não pensou duas vezes: "Vizeu, Vizeu, Vizeu". O jovem de 20 anos entrou em campo aos 25min do segundo tempo, deu nova movimentação ao time, teve uma única oportunidade de marcar e conseguiu. Aproveitou cruzamento de Cafu e, de cabeça, estufou a rede do adversário já nos acréscimos, dando a vitória ao Flamengo por 1 a 0.

Embora seja a terceira opção para a posição de centroavante, atrás de Guerrero e Leandro Damião, o jovem atacante tem sido tratado pela torcida como um xodó. Sempre que as coisas não vão bem, como no último sábado, é o nome dele que os rubro-negros pedem.

7 – Pênalti polêmico quebra série positiva do Corinthians

O Corinthians foi derrotado pela Ferroviária, por 1 a 0, em Araraquara. A vitória veio com um gol polêmico de pênalti de Alan Mineiro, que acertou a trave na cobrança e, no rebote, após a bola desviar em Cássio, ajeitou com o braço antes de mandar para as redes. Foi o fim da série invicta de nove jogos entre Campeonato Paulista e Copa do Brasil. A última derrota havia sido contra o Santo André, por 2 a 0, pela segunda rodada do Estadual.

A forma como ela aconteceu, no entanto, foi o que mais incomodou. Depois do jogo, Cássio reclamou bastante da atuação do árbitro Raphael Claus. Segundo o goleiro corintiano, o apitador teve postura arrogante. "É difícil conversar com esse árbitro. Ele fica intimidando os jogadores. Temos de melhorar as duas classes, ter respeito", disse o titular corintiano.

8 – Festa para a Chape com goleada

TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O time mais querido do Brasil atropelou. Comandado por Andrei Girotto, ex-Palmeiras, que marcou três vezes, a equipe fez 7 a 0 no Tubarão pelo Campeonato Catarinense. A vitória mantém a Chape invicta no segundo turno do Estadual.

9 – Técnico fica preso até o banco abrir

Reprodução/União Barbarense

No sábado, após ver seu time perder em casa para o Mogi Mirim, pela Série A-2 do Paulista, o técnico Claudio Britto, da União Barbarense, foi preso por não pagar pensão alimentícia. O UOL Esporte apurou que a diretoria do clube já conseguiu levantar os R$ 9.000 para o treinador saldar a sua dívida, mas o pagamento só poderá ser feito na segunda depois das 10h, quando abrem as agências da Caixa Econômica Federal. O valor precisa ser depositado diretamente na boca do caixa.

10 – Fred marcou mais que nove times do Mineiro

Divulgação/Atlético-MG

O centroavante do Atlético Mineiro está vivendo um dos melhores inícios de ano da carreira. São nove em oito jogos disputados, mais que nove dos 12 participantes do Estadual. Fred só não tem mais gols que a Caldense (empatada com nove), Cruzeiro e, claro, o Atlético-MG.

No último sábado, o gol dele foi fundamental para manter o Atlético-MG 100% no Mineiro. Contra o Tricordiano, o Galo só conseguiu a vitória nos minutos finais, graças ao esforço de Rafael Moura, que marcou de forma decisiva.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos