Mourinho diz que está mais "paz e amor" e destaca personalidade de Ibra

Do UOL, em São Paulo

  • Clive Mason/Getty Images

José Mourinho é considerado um dos maiores técnicos do mundo. Tem histórico de títulos importantes por onde passou e também ganhou fama pelo seu temperamento. Em entrevista à revista France Football, que sairá na terça (21), o treinador português falou de sua filosofia de "paz e amor" e ressaltou como é importante ter um jogador como Ibrahimovic em seu Manchester United.

"É preciso se adaptar à realidade do clube, o que o clube precisa. Isso é ser inteligente. A prioridade é estabelecer relações de paz e amor no grupo, criar estabilidade. Manchester United não tem mais aquelas super personalidades, quando o time tinha Giggs, Scholes, Roy Keane. Há Rooney e Carrick, que são as últimas caras da geração e um grupo novo de jogadores que precisam se adaptar. Por isso é muito importante que eu tenha Zlatan. Neste time, sem ser inglês e não saber a cultura do clube, a personalidade e  o perfil são mais importantes", comentou o treinador.

O treinador ainda falou que na Inglaterra as glorias são mais divididas entre grandes clubes e, por tanto, não dá para ser dominante como o Bayern de Munique é na Alemanha, por exemplo. "Eu cheguei em um clube com muita história, mas não tem como ser do mesmo jeito. Não há como ser dominante na Inglaterra mais, porque se tem United, Liverpool, Manchester City. O poder está dividido", analisou.

Mourinho ainda contou que mudou bastante sua personalidade como treinador com o passar dos anos. "Eu estou mais maduro e pacífico. Uma vitória já não representa mais o céu e uma derrota já não significa mais o inferno e eu acho que sou capaz de transmitir serenidade os meus jogadores com a mesma ambição de antes, com o mesmo envolvimento e o mesmo profissionalismo", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos