Chapecoense acerta novo acordo com Globo e receberá R$ 32 mi de cota de TV

Daniel Fasolin e Eduardo Ohata

Colaboração para o UOL, em Chapecó (SC) e São Paulo (SP)

  • TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Chapecoense acertou com a Rede Globo um novo valor na venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. O time catarinense passará a receber R$ 32 milhões em cota de TV – o valor anterior era de R$ 23 milhões.

O novo acordo, porém, não tem nenhuma ligação com o acidente que vitimou 71 pessoas nas proximidades de Medellín. A negociação havia sido comandada no primeiro semestre de 2016 ainda pelo então presidente Sandro Pallaoro, morto no acidente aéreo.

O contrato fechado entre Chapecoense e Globo terá duração até o final de 2018.

No último ano, a Chapecoense teve um orçamento de R$ 47 milhões. Já nesse, além da cota de TV, as principais receitas do clube catarinense são as mensalidades dos sócios (R$ 12 milhões) e a participação em competições ao longo de 2017 (R$ 9,3 milhões). A receita total prevista para esse ano é de R$ 78 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos