Com promessa na mira, Flamengo pede projeto para manter jovens no Brasil

Do UOL, em São Paulo

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

O Flamengo tem Vinicius Júnior na mira do futebol europeu antes mesmo de estrear no time profissional do clube. Pensando em manter sua jovem promessa, além de simplesmente aumentar a multa rescisória do contrato do jovem, o presidente do Flamengo afirmou ao Fox Sports que é preciso um projeto para que o Brasil não perca tão cedo seus futuros craques. 

"Eu acho que isso deveria ser um projeto de todos nós, envolvendo a imprensa, estamos discutindo a lei geral do esporte. Acho que a retenção de talentos deveria estar na ordem do dia", comentou. 

O presidente ainda comentou sobre a incerteza de jogar no Maracanã contra o Atlético-PR, no dia 12 de abril, pela Libertadores da América. "Ninguém sabe se será Maracanã, infelizmente virou novela que não sabemos o final e nem o autor. Talvez seja possível um acordo com a concessionária para fazer o jogo no Maracanã, vamos aguardar mais um pouco", disse. 

Sobre o jogo contra o San Lorenzo, no Maracanã, o Flamengo comemorou a chance de jogar no estádio, mas lamentou a conta. "Foi um sucesso, mas custou muito caro. Não dá para...se cada vez que foi jogar tenha que pagar quase R$ 2 milhões, nós não estaríamos sendo responsáveis. Acabou que uma renda que poderíamos ter levado 80%, levamos 20%", explicou.

"Gostaríamos de jogar sempre no Maracanã e gostaríamos que fosse entregue à administração do Flamengo, mas infelizmente o Maracanã está nessa situação que sabemos e nos envergonhamos. Pode haver uma nova licitação e esperamos que os clubes possam participar. O Flamengo já mostrou que pode administrar o Maracanã", falou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos