Morre ex-presidente do Barcelona que contratou Cruyff

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter

Presidente do Barcelona entre 1969 e 1977, Agustí Montal morreu nesta quarta-feira na Espanha aos 82 anos. A causa da morte não foi divulgada.

A gestão de Montal ficou marcada pela contratação do holandês Johan Cruyff, um dos maiores jogadores da história do clube. Neste período, o Barcelona conquistou o título do Campeonato Espanhol de 1973/1974, além de ter reafirmado a sua identidade catalã em meio à ditadura de Franco.

Agustí Montal era filho de outro ex-presidente do clube, Agustí Montal Galobart, e ficou famoso também por lançar o lema "Mais que um clube" durante a campanha de reeleição em 1973.

Além disso, dentro dos limites impostos pelo franquismo, ele promoveu um boletim do clube que introduziu a língua catalã, imprimiu cartões de filiação em catalão e recebeu advertência pelo uso do idioma no alto-falante do Camp Nou.

Agustí Montal ainda teve papel importante no fim da lei que dificultava a contratação de estrangeiros por partes dos times espanhóis. Fora do clube, ele teve uma carreira destacada como empresário da área têxtil.

O Barcelona divulgou uma nota oficial lamentando a morte do ex-presidente.

O FC Barcelona expressa sua tristeza pela morte de Agustí Montal i Costa (1934-2017), presidente do clube entre 1969 e 1977, que nos deixou nesta quarta-feira aos 82 anos. FC Barcelona deseja transmitir suas mais profundas condolências à família, com o qual compartilha esses momentos de dor, junto com parceiros, fãs do clube e o mundo do futebol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos