Admiração, virose e reserva. Por que Marlone troca Corinthians por Atlético

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Marlone chegou a atuar como titular do Corinthians, mas acabou perdendo espaço

    Marlone chegou a atuar como titular do Corinthians, mas acabou perdendo espaço

Desejo do Atlético-MG desde dezembro do ano passado, Marlone foi anunciado como novo reforço do clube nessa quinta-feira (23). O fato só caminhou para um desfecho positivo por dois motivos. O jogador perdeu espaço no Corinthians e o técnico Roger Machado jamais desistiu de contar com o meia-atacante em seu elenco.

Titular de Fábio Carille no início da temporada, o atleta de 24 anos teve um começo de ano badalado, sobretudo por conta da disputa do Prêmio Puskas, da Fifa, na cerimônia do The Best, em Zurique, na Suíça.

Entretanto, depois de atuar entre os prediletos do comandante nos quatro primeiros jogos de 2017, Marlone perdeu espaço. Ele foi reserva diante do Audax pelo Campeonato Paulista e, na sequência, sofreu uma forte virose.

O problema clínico aconteceu no fim de fevereiro, às vésperas do Carnaval, e impossibilitou o jogador de ter uma sequência na equipe corintiana.

O curioso é que, no período em que o meia-atacante ficou fora de combate, a equipe alvinegra alcançou uma série de resultados positivos. Os comandados de Carille venceram Palmeiras, Mirassol e Santos, pelo Estadual, e bateram o Brusque, pela Copa do Brasil.

Marlone até foi relacionado para o jogo contra o Santos, mas permaneceu no banco de reservas. O curto tempo em que se ausentou da equipe foi suficiente para assegurar a saída definitiva. Fora dos planos da comissão técnica, passou a ser cogitado em outros clubes.

Aliado às poucas chances no time paulista, está o interesse de Roger Machado em sua contratação. Desde os tempos de Grêmio, o treinador gaúcho admirava o futebol do atleta.

Em dezembro do ano passado, logo após ser anunciado como técnico do Atlético, ele solicitou a sua contratação. O Timão, no entanto, recusou liberá-lo em definitivo. O Galo apresentou uma oferta de 3 milhões de euros (R$ 10,1 milhões na cotação atual), mas os paulistas rejeitaram os moldes do acordo.

Com a recusa do Corinthians, os mineiros permaneceram atentos à possibilidade de contratação de Marlone. Na primeira oportunidade, Roger voltou a sugerir a busca pelo meia-atacante. O treinador, inclusive, chegou a ligar para o atleta com o intuito de reforçar o interesse do Galo em sua contratação.

O acordo do Atlético com o meio-campista foi confirmado pela diretoria nessa quinta-feira (23). O atleta assinou contrato de empréstimo até dezembro de 2017. Em troca, os mineiros cedem o atacante Clayton ao Corinthians. O vínculo do jovem revelado nas divisões de base do Figueirense terá a mesma duração do compromisso de Marlone.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos