Antes de jogo na Bolívia, sub-20 da Chape encontra sobrevivente de acidente

Daniel Fasolin

Colaboração do UOL, em Chapecó

  • Sirli Freitas/Chapecoense

    Ximena Suarez se encontra com jogadores do sub-20 da Chapecoense

    Ximena Suarez se encontra com jogadores do sub-20 da Chapecoense

O time sub-20 da Chapecoense viajou nesta sexta-feira a La Paz para a disputa de um amistoso com o Bolívar após um convite do time boliviano. O jogo, que será disputado neste sábado às 20h (de Brasília), foi idealizado pelo clube da Bolívia em forma de solidariedade ao trágico acidente ocorrido em novembro de 2016, que tirou a vida de 71 pessoas em Medellín. 

Na Bolívia, a delegação da Chapecoense encontrou com umas das sobreviventes do acidente aéreo, a comissária Ximena Suarez, que fez questão de abraçar o grupo. Muito emocionada, ela recordou dos momentos felizes que passou com o clube antes do acidente.
 
"Queria parabenizar a todos pela conquista da Copa Sul-Americana e espero encontrá-los em um próximo jogo. Agradeço o carinho de todos e espero ir ao Brasil. Muito obrigado a todos", afirmou Ximena.
 
Em dezembro, o Bolívar, time mais popular do futebol boliviano, entrou em campo para enfrentar o Nacional Potosí com uma camisa verde, em uma homenagem à Chapecoense.
 
A ideia inicial era que a partida tivesse jogadores do profissional da Chapecoense, como ocorrerá com o Bolívar. Mas devido aos vários compromissos e também ao jogo do Campeonato Catarinense neste domingo contra o Avaí, o clube catarinense enviou a equipe sub-20.
 
O vice-presidente de futebol da Chapecoense, Nei Maidana, falou sobre os convites que o time vem recebendo após a tragédia. "Nós estamos sendo convidados para vários amistosos, no mundo inteiro. O de hoje, é uma forma de agradecermos ao povo boliviano pela solidariedade prestada nesse momento difícil", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos