Paraguaio brinca sobre partida no Brasil: "preferia que Neymar não jogasse"

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Jorge Saenz

    Iturbe (esquerda), em ação pela seleção paraguaia contra o Equador nas eliminatórias

    Iturbe (esquerda), em ação pela seleção paraguaia contra o Equador nas eliminatórias

O Paraguai vem a São Paulo na próxima terça-feira como azarão no confronto com o Brasil, válido pela 14ª rodada das eliminatórias sul-americanas. Os visitantes precisam de pontos para se aproximar da zona de classificação, mas respeitam os anfitriões do confronto na Arena Corinthians – especialmente Neymar.  

Rival de Neymar na Libertadores de 2011, quando defendia o Cerro Porteño, o volante Juan Manuel Iturbe fez um comentário descontraído sobre o brasileiro neste sábado, em menção à atual fase do astro do Barcelona.  

"Preferia que Neymar não jogasse. A ausência de Daniel Alves pode ser positiva porque está acostumado a atacar. Mas os 11 são muito bons. Conheço o Alisson, que foi meu companheiro na Roma", comentou o paraguaio Iturbe.

Em 7º lugar, com 18 pontos somados, o Paraguai vem de vitória na última quinta-feira sobre o Equador, por 2 a 1. O Brasil, por sua vez, ocupa a primeira colocação, bem à frente dos demais participantes das eliminatórias sul-americanas. A seleção dirigida por Tite acumula sete triunfos seguidos e soma 30 pontos. Uma combinação de resultados pode assegurar os pentacampeões no Mundial já nesta terça.

Paraguaio aposta em relaxamento do líder Brasil

Apesar do favoritismo dos donos da casa, os visitantes contam com um teórico relaxamento da seleção de Tite, praticamente garantida no Mundial da Rússia do próximo ano.

"Não podemos falar que jogamos pelo empate, porque estão em jogo três pontos. Um ponto serve, mas o que importa é não voltar para casa de mãos vazias. Já estão quase classificados e podem relaxar. O problema é que quando jogam assim parece que as coisas saem melhor. Pode acontecer qualquer coisa", comentou o volante Cristian Riveros, em entrevista coletiva neste sábado, no Paraguai.

"Temos que jogar sem medo. Temos futebol para jogar em qualquer campo. Há possibilidade de ganhar quando buscamos isso", acrescentou o jogador titular da seleção paraguaia. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos