STJD intima Piffero e vice jurídico do Inter em processo sobre falsificação

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    Vitorio Piffero irá se manifestar no STJD por conta de documentos apresentados

    Vitorio Piffero irá se manifestar no STJD por conta de documentos apresentados

Através de seu site oficial, o STJD informou na noite de sexta-feira a intimação do ex-presidente do Inter, Vitorio Piffero, e do atual vice jurídico do clube, Gustavo Juchen, para prestarem esclarecimentos no caso em que a CBF acusa o clube de falsificação de documentos utilizados  no 'Caso Victor Ramos'. 

O auditor do Pleno, Mauro Marcelo, abriu vista na sexta-feira ao Internacional, que a partir de agora terá acesso aos documentos do processo. As manifestações dos colorados ocorrerá na manhã da próxima quinta-feira. 
 
O caso analisa a denúncia da CBF feita no ano passado contra o Internacional. A entidade alega que as correspondências eletrônicas anexadas ao processo pelo clube não eram legítimas. 
 
O Inter, já neste ano, contestou o sorteio do auditor Mauro Marcelo para relator do processo. Indicado a posto no STJD pela CBF, sua participação gerou polêmica. 
 
Ao mesmo tempo, os gaúchos reclamaram da falta de acesso aos documentos processuais. Tanto que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), inclusive emitiu uma nota oficial solicitando a garantia dos direitos dos advogados do clube.
 
O 'caso Victor Ramos' teve início em 2016 com a denúncia da suposta inscrição irregular do jogador pelo Vitória. Com a negativa do STJD em julgar o caso, o Internacional buscou seus direitos na Corte Arbitral do Esporte (CAS) e terá julgamento no próximo dia 4. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos