Fagner tem primeiro teste para abrir vantagem em concorrência com Mariano

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Martins/ MoWa Press

Mais do que a sua estreia como titular da seleção brasileira, Fagner terá nesta terça-feira (28), diante do Paraguai, a oportunidade de mostrar que merece a confiança que já tem de Tite.

Substituto do suspenso Daniel Alves, o lateral direito foi fundamental no esquema armado pelo técnico na campanha do título do Corinthians no Campeonato Brasileiro de 2015.

Na opinião dele, mais do que a confiança que tem de Tite por terem trabalhado juntos, o que motiva a sua chamada é a manutenção do bom nível na equipe paulista.

Eleito diversas vezes o melhor dos campeonatos que participou, ele tem sido presença constante na lista do novo treinador e chegou a estar entre os possíveis participantes da Copa América com Dunga.

"Não tem favoritismo (por ter jogado no Corinthians). O importante é eu manter o bom nível no Corinthians", afirmou.

Lucas Figueiredo/CBF

Fagner, no entanto, sabe que a concorrência pela vaga de reserva de Daniel Alves está acirrada com o crescimento de Mariano.

O lateral direito do Sevilla tem sido observado de perto por Tite. Não à toa, o técnico preferiu chama-lo mesmo com a complicada logística de convocar um atleta que não está no país de um dia para o outro. A opção mais fácil seria a chegada de Marcos Rocha, do Atlético-MG, que mostrou, agora, estar atrás na lista de concorrência. 

O corintiano diz que vê a pressão como normal e aponta que isso faz parte de sua rotina como jogador de futebol.

"Pressão a gente vive todo dia, eu jogo em um clube hoje que você é pressionado constantemente. Vou procurar curtir cada momento, cada segundo e vou deixar a pressão de lado".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos