"É inevitável", diz Tite sobre Neymar ser melhor do mundo em breve

Danilo Lavieri e Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Martins/MowaPress

    Tite e Neymar se divertem na coletiva de imprensa

    Tite e Neymar se divertem na coletiva de imprensa

Para Tite, não há dúvida alguma que Neymar será eleito o melhor jogador do mundo em breve. Em entrevista que explicou o motivo de dar a faixa de capitão ao camisa 10 no jogo desta terça-feira (28), contra o Paraguai, o técnico afirmou que o atleta do Barcelona está em um patamar incrível para a sua idade.

Segundo ele, os dois principais concorrentes atualmente, que são Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, já estão em uma idade em que haja mais dificuldade para manter o alto nível.

"Sim, falta pouco. São gerações diferentes. O Neymar não pode responder isso, mas eu posso. Neymar fez 25 anos agora. O Cristiano e o Messi já estão na casa dos 30 pra lá. Mas nessa geração eu vejo o Neymar inevitavelmente (chegando lá). Pelo processo de maturidade que ele passa", afirmou o técnico.

Minutos antes, Neymar também concedeu entrevista coletiva e foi perguntado sobre o mesmo objetivo. O atleta preferiu não entrar em polêmicas e rasgou elogios a Lionel Messi.

"É uma coisa que eu não me sinto confortável em falar, porque são dois atletas incríveis, dois grandes jogadores. Dois caras que são craques, que estão mantendo um alto nível gigantesco. E um deles eu tenho ao meu lado todos os dias e que é o melhor que eu já joguei. Eu venho aprendendo muito com ele. Se ontem eu fui bem, amanha eu quero ser melhor", afirmou o atleta.

"Depois, admitiu que vive um ótimo momento na carreira. "É o melhor momento da minha carreira, tecnicamente, fisicamente... Nem digo de números, mas de futebol mesmo. Espero manter essa média de jogos indo bem e ajudando meus companheiros", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos