Jô reprova comemoração de Maicon e elogia companheiro Arana: "God of Cross"

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana / AGIF

Jô completou a trinca neste domingo contra o São Paulo ao empatar a partida no Morumbi - antes, o atacante já havia balançado as redes diante de Palmeiras e Santos. Nesta segunda-feira, o jogador falou sobre o bom desempenho contra os rivais, reprovou a atitude do são-paulino Maicon e rasgou elogios ao lateral Guilherme Arana.

"Sou atacante, tenho de fazer gols e não posso escolher contra quem. Então o Arana tem de ser chamado de God of Cross, do cruzamento", disse Jô em entrevista coletiva concedida ao lado do lateral, que deu mais uma assistência para ele.

O atacante corintiano ainda descartou ser chamado de "Gol of clássico" após o terceiro gol em 2017 nos jogos contra os grandes do Estado. O camisa 7 admitiu que isso traz uma responsabilidade muito grande.

"Está pesado. Deus só tem um só. Não posso carregar esse peso. Deixo para a torcida, para a imprensa fazer comparações ou colocar apelidos. Vou continuar meu trabalho. Só não quero puxar isso para mim e trazer essa responsabilidade muito grande"

Jô também comentou a comemoração de Maicon minutos antes de ele empatar o jogo. O zagueiro do São Paulo imitou uma galinha depois de abrir o placar no Morumbi.

"Tem de ter o respeito. Na hora da euforia você acaba caindo em algumas provocações. Mas respeito, tudo bem, são coisas do futebol. Alguns querem fazer coisas para a torcida, outros para o time, mas cada um tem uma maneira de comemorar. Faltou um pouco de respeito, mas já passou", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos