Sem Messi, Argentina perde para Bolívia e se complica nas eliminatórias

Do UOL, em São Paulo

  • Juan Karita/AP

No primeiro dos quatro jogos sem Messi, suspenso, a Argentina mostrou pouco futebol e complicou suas chances de se classificar à Copa do Mundo de 2018, na Rússia. No Estádio Hernando Siles, em La Paz, a seleção treinada por Edgardo Bauza foi derrotada por 2 a 0 para a Bolívia nesta terça-feira (28) em partida válida pela 14ª rodada das Eliminatórias da América do Sul.

O resultado pode fez com que a Argentina caísse até a quinta colocação ao final da rodada, pois ficou com 22 pontos. Quem lhe ultrapassou foi a Colômbia (24 pontos) e o Chile (23 pontos), que venceram Equador e Venezuela, respectivamente, nesta rodada.

Os quatro primeiros garantem vagas diretas ao mundial, enquanto o quinto colocado enfrentará uma repescagem contra uma seleção da Oceania.

Pressionada, Argentina fica na defesa e sofre com altitude

Os argentinos tiveram um comportamento reativo no primeiro tempo, esperando os ataques da Bolívia para contragolpear e tentar abrir o placar. Escalado pelo lado esquerdo do setor ofensivo, Di María foi o destaque da equipe visitante, que mostrou dificuldades na altitude de La Paz. Nos ataques à seleção boliviana, a equipe comandada por Bauza chegava com poucos jogadores à área adversária. Ainda assim, a Argentina só não saiu na frente por conta de uma defesa de Carlos Lampe, que um gol de Di María no mano a mano. No entanto, por conta da desorganização defensiva, especialmente no lado direito com a má atuação de Roncaglia, a equipe visitante sofreu dois gols e não mostrou poder de reação.

Aizar Raldes/AFP

Apesar de limitações técnicas, Bolívia impõe seu jogo

Confortável diante de sua torcida, a Bolívia comandou as ações da partida, embora mostrasse sua limitação técnica. O time mandante se limitou a finalizar de longe no começo da partida, mas abriu o placar aos 31min com Arce, que aproveitou a distração da defesa adversária e a precisão de um cruzamento de Pablo Escobar para marcar de cabeça. Os bolivianos ampliaram a vantagem aos 7min da etapa complementar com Marcelo Moreno, que aproveitou cruzamento da esquerda e finalizou sem marcação dentro da área.

Argentina tem jogo crítico contra o Uruguai na próxima rodada

Na 15ª rodada, a Argentina visita o Uruguai, partida que ocorrerá somente no dia 31 de agosto. A partida será em Montevidéu e deve decidir se a atual vice-campeã mundial ficará em uma condição confortável de classificação. Nas três rodadas restantes, os argentinos recebem Venezuela (5 de setembro) e Peru (5 de outubro), fechando a campanha nas Eliminatórias em Quito, contra o Equador, em 10 de outubro.

Primeiro de quatro jogos sem Messi

A Argentina não pôde contar com Lionel Messi na partida desta terça-feira porque o camisa 10 foi suspenso pela Fifa com quatro jogos causa dos insultos ao auxiliar brasileiro Emerson Augusto de Carvalho na última quinta-feira (23), quando a seleção argentina derrotou o Chile por 1 a 0 em Buenos Aires.

Criticado, Bauza cai - literalmente - antes de jogo

Poderia ser uma previsão do que estava por ocorrer: na chegada da Argentina ao Hernando Siles, o pressionado Edgardo Bauza levou um tombo. O técnico se levantou rapidamente e não sofreu nenhum machucado visível.

Isolado no ataque, Pratto tem atuação apagada

Era para Lucas Pratto fazer dupla com Lionel Messi na partida desta terça-feira (28), porém a suspensão do craque argentino fez com que Ángel Correa fosse o companheiro do centroavante são-paulino no ataque. Distante de Correa e de Di María, Pratto teve um jogo apagado quando comparado aos seus parceiros de frente, com características mais compatíveis à proposta de jogo de Edgardo Bauza: aproveitar a velocidade para contra-atacar com poucos jogadores e manter o fôlego na altitude de La Paz.

Argentina, freguesa boliviana fora de casa

O retrospecto da seleção argentina fora de casa contra a Bolívia em eliminatórias já era ruim e piorou com a derrota desta terça-feira. Com a partida deste ano, são oito confrontos em domínios bolivianos pela fase qualificatória da Copa do Mundo, com quatro vitórias dos mandantes, dois empates e apenas duas vitórias dos visitantes – em 1973 e 2005.

Ficha técnica

Bolívia 2 x 0 Argentina

Data: 28 de março de 2017
Hora: 17h (de Brasília)
Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Gols: Arce aos 31'1ºT, Marcelo Moreno aos 7'2ºT (Bolívia)

Bolívia: Carlos Lampe, Ibanez, Zenteno, Raldes e Flores; Chumacero, Wayar (Campos) e Raul Castro; Pablo Escobar, Marcelo Moreno (Bruno Miranda) e Arce (Leonel Justiniano). Técnico: Angel Guillermo Hoyos.

Argentina: Romero, Roncaglia, Musacchio, Funes Mori (Caruzzo) e Rojo; Pizarro, Banega, Pérez (Acuña) e Di María; Correa (Agüero) e Pratto. Técnico: Edgardo Bauza.

Whatsapp dos astros: Ronaldinho se empolga com seleção e "prevê" título

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos