Renato Cajá assina com a Ponte e confirma 4ª passagem pelo clube

Do UOL, em Santos (SP)

  • PontePress/RaulSauan

A Ponte Preta oficializou nesta quarta-feira (29) a contratação de um velho conhecido: Renato Cajá, que rescindiu com o Bahia na semana passada e agora iniciará a sua quarta passagem pelo clube campineiro.

"Estou de volta a minha casa. Todos sabem o quanto gosto da Ponte Preta e de Campinas. Depois que recebi propostas de outros clubes que inclusive eram mais vantajosas do ponto de vista financeiro, mas escolhi voltar para a Ponte porque quero estar aqui", disse o meia ao site da Ponte Preta.

Renato Cajá pode inclusive estrear já neste fim de semana, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, contra o Santos, já que a Ponte Preta irá inscrever o meia para a fase seguinte da competição estadual.

Ao todo, Renato Cajá fez até o momento 120 jogos com a camisa alvinegra e anotou 39 gols. O último jogo na passagem que teve pelo time alvinegro em 2015 foi no dia 11 de julho, contra o Atlético-MG. Dois dias depois o atleta foi negociado com o Sharjah FC, dos Emirados Árabes.

Já o último gol até então foi diante do Atlético-PR, no dia 28 de junho. Naquele mesmo ano de 2015, o meia ganhou uma placa da diretoria alvinegra após ter feito um gol do meio de campo, contra a Chapecoense, em vitória por 3 a 1 no Moisés Lucarelli.

A saída do Bahia

A última partida oficial de Renato Cajá, que teve seu contrato rescindido com o Bahia na semana passada, aconteceu no dia 12 de março, na goleada por 4 a 0 sobre o Moto Club, pela Copa do Nordeste.

Renato Cajá teve sua saída oficializada pelo clube tricolor na última sexta-feira (24), dois dias após desobedecer o técnico Guto Ferreira e se recusar a entrar no fim do jogo contra o Fortaleza, pela Copa do Nordeste.

Meia de 32 anos, Renato Cajá foi contratado pelo Bahia em abril do ano passado, mas não conseguiu deslanchar na Série B. Fez apenas quatro gols e acabou perdendo espaço para Régis, hoje titular da posição. Na atual temporada, Cajá disputou nove partidas com a camisa tricolor, sendo apenas cinco como titular – em uma delas ainda acabou expulso. Não fez nenhum gol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos