Mulher exige que chinês deixe de ir a seleção por infidelidade no casamento

Do UOl, em São Paulo

  • Atta Kenare/AFP

A mulher do jogador Jiang Zhipeng escreveu um texto na rede social na Weibo no qual pede para o marido deixar de ser convocado pela seleção chinesa por causa de infidelidade. Em mensagem endereçada à federação do país, Zhang Zhiyue ainda acusa o jogador de ter gastado mais de 1 milhões de euros (cerca de R$ 3,35 milhões) do dinheiro em comum o casal, a maioria com uma suposta amante.

"Eu o apoiei quando ele era pobre e minha mãe o tratou como um filho. Minha família até o emprestou dinheiro para pagar a casa dele em Shaghai. Nosso casamento durou quatro anos e por três anos e meio ele estava dormindo com outra mulher", postou Zhiyue.

Jiang Zhipeng, que frequentemente é escalado como um dos titulares da seleção chinesa, se negou a rebater as acusações da mulher, que entrou com um processo de separação recentemente. Ela diz ter provas da traição do marido e pediu a ajuda de seu atual clube, o Guangzhou.

"Caro Mr. Cai Zhenhua (presidente da federação chinesa), peço para vocês excluírem Jiang Zhipeng da seleção. Caro Zhang Li, presidente do Guangzhou, eu lhe peço para cooperar com meu advogado e liberar o contrato de Jiang Zhipeng como evidência nos tribunais. Eu acredito que a justiça prevalecerá", postou.

Zhipeng participou das duas últimas partidas da China nas Eliminatórias da Ásia, na vitória por 1 a 0 sobre a Coreia do Sul e na derrota pelo mesmo placar para o Irã. A seleção ocupa a quinta colocação do grupo 1 e está longe de uma vaga no Mundial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos