Ozil rebate críticas e diz se sentir bode expiatório no Arsenal

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Eddie Keogh

Com o futuro incerto no Arsenal, o meio-campista Mesut Ozil deu sinais de que pode estar de saída. Em declarações publicadas nesta quinta-feira pelo jornal "Daily Mirror", o jogador alemão disse que se sente como um bode expiatório pela má fase do clube.

"As pessoas sabem o que eu consegui. Que eu sou um vencedor da Copa do Mundo, jogou para o Real Madrid, marcou 20 gols na última temporada (em todas as competições). Quando a equipe está em mau funcionamento, alguém precisa ser apontado como culpado, infelizmente na maioria das vezes sou eu", disse.

Ozil tem mais um ano de contrato com o Arsenal, mas seu futuro no clube é incerto. Assim como Alexis Sanchez, o meio-campista tem demonstrado insatisfação com a situação do clube.

O Arsenal entrou em crise desde a eliminação vexatória para o Bayern de Munique nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Foram duas derrotas por 5 a 1 que colocaram em dúvida inclusive a permanência do técnico Arsene Wenger.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos