Ranieri quebra silêncio e diz que ficou em choque com demissão do Leicester

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/John Sibley Livepic/File Photo

Em sua primeira entrevista desde a demissão do Leicester City, o técnico Claudio Ranieri disse ter ficado em choque com a decisão da diretoria na temporada seguinte à conquista do Campeonato Inglês. O treinador explicou ao jornal britânico "Daily Star" que o sentimento de surpresa foi maior do que o de amargura.

"Pensando na demissão de Leicester, a primeira coisa que me vem à mente é um sentimento de surpresa ainda mais do que de amargura", disse Ranieri, que desde a sua demissão em fevereiro tinha se manifestado apenas por meio de uma nota oficial.

"Eu passei por muita coisa na minha longa carreira, mas nunca tinha experimentado algo assim. Foi um choque. Mesmo que, ao final de tudo, essas coisas aconteçam no futebol", completou.

Após a demissão de Ranieri, o Leicester engatou uma boa sequência e agora ocupa a 15ª colocação do Campeonato Inglês, seis pontos acima da zona de rebaixamento.  

Ranieri ainda defendeu seus méritos no trabalho que levou o Leicester ao surpreendente título inglês na última temporada.

"Este é o meu mundo. Comecei a treinar na liga regional em Catanzaro. Havia campos sem grama, às vezes não tínhamos água, nenhum equipamento de treinamento. Eu tinha que fazer tudo sozinho. O que eu consegui ao longo dos anos foi feito com apenas meus resultados no campo", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos