Suspenso do futebol, Platini detona Blatter: "O maior egoísta que já vi"

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/FABRICE COFFRINI

    Blatter e Platini foram suspensos em 2015 por causa de pagamento suspeito

    Blatter e Platini foram suspensos em 2015 por causa de pagamento suspeito

O ex-presidente da Uefa, Michel Platini, afirmou em entrevista ao jornal francês Le Monde que o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, tentou prejudicá-lo durante o processo que resultou na suspensão dos dois dirigentes do futebol por quatro anos.

Segundo Platini, Blatter tentou apenas "salvar a própria pele". "Blatter não defende ninguém, ele nunca me defendeu. É a pessoa mais egoísta que já vi na vida", afirmou o ex-jogador francês.

"Ele achou que ia envelhecer, morrer e ser enterrado na Fifa, era o que ele queria. Ele sempre dizia que eu seria sua última vítima. Eu sei que ele estava obcecado por mim, até o final", completou.

Platini e Blatter foram banidos do futebol por oito anos em 2015 pelo Comitê de Ética da Fifa, por causa de um pagamento do suíço ao francês em 2011, equivalente a R$ 8 milhões, dias antes da eleição para presidente da Fifa daquele ano. Eles alegaram que o valor se devia a um serviço de consultoria prestado por Platini, mas acabaram condenados.

A pena de oito anos foi reduzida para seis anos pelo Comitê de Apelações da Fifa, e posteriormente para quatro anos pela Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos