Carille vê instabilidade defensiva com 'normalidade' e fala em aprendizado

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Corinthians sofreu gols na últimas seis partidas da temporada

    Corinthians sofreu gols na últimas seis partidas da temporada

O Corinthians viu ruir a sua estabilidade defensiva ao sofrer gols nas últimas seis partidas. O fato, porém, é tratado com normalidade no clube. Segundo o técnico Fábio Carille, os gols tomados vão se tornar uma forma de aprendizado para os jogos decisivos que o time tem pela frente.

Além disso, o treinador corintiano creditou a má fase à mudanças constantes no setor defensivo. Vale lembrar que a equipe perdeu peças importantes na linha de defesa, como o zagueiro Balbuena e o lateral direito Fagner.

"A questão dos gols tomados é que foram muitas mudanças no setor. Muitas vezes tivemos jovens jogadores por ali contra atletas experientes. Eu trato isso com normalidade. Muitas vezes aconteceu de jogar com três jogadores da base. Isso traz um aprendizado para o futuro", disse Carille nesta sexta-feira.

Neste sábado, na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista, o Corinthians terá novamente sua defesa titular depois de três semanas. Quando escalou a linha titular, com Fagner, Balbuena, Pablo e Arana, o time não sofreu gols contra o Luverdense na vitória por 2 a 0, dia 9 de março.

No jogo seguinte, diante da Ponte Preta, o zagueiro Pablo foi poupado e viu Pedro Henrique assumir a posição. Em seguida, Balbuena sofreu uma lesão e desfalcou a equipe por três jogos. O Corinthians ainda perdeu Fagner em dois duelos - o lateral serviu a seleção brasileira.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos