Elogiados e encostados: a vida dos palmeirenses campeões nos novos clubes

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Felipe Oliveira / EC Bahia

    Allione tem se destacado com a camisa do Bahia

    Allione tem se destacado com a camisa do Bahia

Em comparação à equipe campeã brasileira do ano passado, o Palmeiras trocou praticamente um time inteiro. Dez deles permaneceram no país e hoje disputam os campeonatos estaduais. Mas, afinal, quem acabou em vantagem ao trocar a estabilidade do elenco campeão na Academia de Futebol por um novo desafio?

O UOL Esporte, com a ajuda do Footstats, mostra abaixo o cenário apresentado pelos ex-palmeirenses durante esta primeira parte da temporada. Se em São Paulo, o clube de Palestra Itália terminou com a melhor campanha, fora do Estado, alguns atletas se destacaram.

Confira o desempenho de quem deixou o Palmeiras

Cleiton Xavier

O veterano meia-atacante rapidamente se tornou um dos destaques do Vitória no Campeonato Baiano. São cinco gols na temporada com a camisa da equipe rubro-negra, que lidera a competição com 100% de aproveitamento depois de oito rodadas. Neste período, o camisa 10 também distribuiu três assistências para os companheiros.

Leandro Pereira

Depois de receber poucas chances durante o Brasileiro do ano passado, Leandro Pereira recebeu as oportunidades esperadas pelo Sport. Neste início de temporada, o atacante tem 13 partidas oficiais e dois gols anotados – soma-se nesta conta jogos pelo Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Gabriel

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O volante assumiu um papel importante no time titular do Corinthians. Gabriel, que contaria com a concorrência de Felipe Melo e Thiago Santos no Palmeiras, é absoluto no clube de Parque São Jorge. Ainda neste início de temporada, o camisa 5 obteve números de destaque na campanha corintiana, a segunda melhor durante a primeira fase. O meio-campista lidera o Estadual com 33 desarmes certos em 11 partidas.

Allione

Também com pouco espaço na temporada passada, Allione tem atuado com uma maior regularidade pelo Bahia. Em Salvador, o meia argentino soma sete partidas, cinco delas como titular pela Copa do Nordeste, grande objetivo do clube neste primeiro semestre. No Campeonato Baiano são dois jogos e dois gols anotados. É um dos reforços mais elogiados, especialmente pelo papel de garçom: quatro assistências neste início de ano.

Matheus Sales

O outro palmeirense transferido para o Bahia possui a situação invertida. Matheus Sales entrou em campo em oito oportunidades nesta temporada. São seis confrontos pelo Campeonato Baiano, todos como titular. Hoje é considerado reserva no clube soteropolitano, que tem como prioridade a Copa do Nordeste para esta temporada. Juninho, Edson e Renê Jr. levam vantagem na disputa por uma vaga entre os 11 no clube tricolor.

Fabrício

Assim como no Palmeiras em 2016, Fabrício acumula poucos minutos pelo Cruzeiro em 2017. Reincorporado ao time mineiro depois do período de empréstimo na Academia de futebol, o lateral-esquerdo soma quatro partidas como titular. Deve ganhar mais espaço nas próximas semanas depois da saída de Edimar para o São Paulo.

João Pedro

Cesar Greco/Fotoarena

Terceira opção para a lateral-direita palmeirense no ano passado, João Pedro consegue aproveitar do empréstimo para a Chapecoense. Nesta nova fase de reconstrução da equipe catarinense, o jovem jogador de 20 anos soma 10 jogos na temporada, todos como titular, e dois gols – ambos anotados na última quarta-feira contra o Brusque. Na Libertadores se destaca no número de passes certos (56, o segundo do time) e nas assistências (duas, lidera no quesito).

Vagner

O goleiro Vagner, que chegou a receber uma chance como titular do Palmeiras no ano passado, acabou emprestado para o Mirassol, equipe que chegou a figurar como surpresa do Campeonato Paulista. Virou titular no clube do interior – só não atuou justamente no reencontro com a equipe alviverde – e ocupa o décimo lugar no ranking de defesas da competição, com 22.

Roger Carvalho

Virou capitão e peça importante neste início de temporada para o Atlético-GO, campeão da Série B no ano passado. Pela equipe comandada por Marcelo Cabo, balançou as redes pela primeira vez na última quarta-feira, em empate contra o Aparecidense.

Luan

O experiente atacante de 28 anos se transferiu por empréstimo para o Red Bull Brasil durante o Campeonato Paulista. São cinco confrontos, quatro deles como titular, e um gol anotado pela equipe de Alberto Valentim na vitória por 2 a 1 sobre o São Bernardo, em 17 de março.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos