Bolt reforça aposentadoria, fala sobre tentar jogar futebol e exalta Neymar

Do UOL, em São Paulo

  • Kai Pfaffenbach/Reuters

    Bolt diz que por ele teria se aposentado na Rio 2016

    Bolt diz que por ele teria se aposentado na Rio 2016

Um dos maiores atletas de todos os tempos, Usain Bolt irá se aposentar neste ano. O jamaicano reforçou mais uma vez sua intenção de largar as pistas. Aliás, se dependesse do tricampeão olímpico, ele já teria abandonado a carreira.

"Sim, com certeza (vou parar). Fiz tudo que queria fazer. Se dependesse de mim, teria me aposentado depois dos Jogos do Rio. Aquilo foi encerramento de um capítulo. Mas os fãs queriam que eu ficasse mais um ano e tinha mais um ano de contrato com os patrocinadores. Eu pensei: 'por que não?'", brincou o jamaicano.

Após largar as pistas, sua carreira será outra. Usain Bolt treinará por um período no Borussia Dortmund para tentar uma vaga no clube alemão.

"Depois da temporada de corridas, vou para o Borussia treinar um pouco. Por uma semana, mais ou menos, e ver se tenho talento. Se posso jogar pelo time", falou.

O jamaicano gostaria de usar sua velocidade e atuar pelas pontas no futebol, mas sabe que acabará atuando em outra posição devido a sua altura.

"Naturalmente, eu gostaria de ser ponta. Mas por alguma razão, jogadores altos sempre jogam no meio-campo", complementou.

Ainda sobre futebol, o jamaicano ressaltou que no momento Neymar é melhor do que Messi, mas não quis colocá-lo acima de Cristiano Ronaldo.

"Neymar (melhor que Messi). Sou um baita fã de Neymar. Se perguntar se prefiro Neymar ou Cristiano Ronaldo, aí é mais assim (equilibrado). É porque sou fã do Manchester United e o Cristiano jogou lá. Mas sou muito fã de Neymar", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos