São Paulo vence Linense sem tomar sustos e encaminha vaga na semi

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

Jogando como visitante para efeito da tabela, mas atuando em casa, o São Paulo saiu na frente nas quartas de final do Campeonato Paulista. Sem tomar sustos, a equipe da capital derrotou o Linense por 2 a 0 na tarde deste domingo (2) no Estádio do Morumbi. O primeiro gol do jogo foi contra: Diego Felipe empurrou contra as próprias redes. Depois, já nos acréscimos, Lucas Pratto marcou o segundo.

Apesar do domínio, a equipe precisou de uma ajuda do Linense para abrir o placar. Com 70% de posse de bola em determinados momentos, o time de Rogério Ceni não conseguia traduzir o controle do jogo em gols. A tarefa de manter o placar ficou ainda mais fácil na reta final do segundo tempo, quando Maycon sofreu o segundo amarelo e foi expulso, deixando a equipe do interior com um a menos em campo. Nos acréscimos, o argentino aumentou a vantagem.

O jogo de volta está marcado para o próximo sábado (8), às 16h, novamente no Estádio do Morumbi. A diferença é que o São Paulo será mandante na próxima partida. Como não há critério de gol marcado dentro ou fora de casa, o Linense precisa da vitória pelo mesmo número de gols para levar para os pênaltis ou uma vitória maior para avançar direto. O time da capital joga pelo empate.

Culpa da imprensa

Para reforçar o seu caixa, o Linense aceitou disputar as duas partidas das quartas de final do Paulistão no Morumbi. Tal fato serviu para motivar os jogadores da equipe do interior.

"Em um jogo como esse, a gente já entra 110% motivado. Graças a vocês da imprensa, que falaram que vendemos o jogo, entramos 220% motivados", afirmou o goleiro Victor Golas.

Reforço policial

No clássico com o Corinthians, no domingo (26), o torcedor Bruno Pereira da Silva, de 23 anos, morreu ao tentar pular a grade para mudar de setor na arquibancada do Morumbi. Para evitar outros acidentes, a Polícia Militar colocou soldados nas divisórias da arquibancada.

Desfalque de última hora

A torcida não teve a chance de ver Edimar em ação. Recém-contratado, o lateral esquerdo sofreu um estiramento no tendão do músculo reto femoral da coxa esquerda e foi cortado da lista de relacionados. O São Paulo não divulgou quanto tempo o jogador vai desfalcar a equipe.  Além dele, Ceni não contou com Cueva, também com lesão na coxa esquerda.

Não valeu

Os são-paulinos até comemoraram um gol no primeiro tempo. Mas a alegria durou pouco tempo. Jucilei chutou de fora da área, o goleiro Victor Golas espalmou e Cícero mandou para o fundo das redes. Porém, o meio campista estava em posição de impedimento e o gol foi anulado.

Quase, Pratto

O centroavante argentino teve as melhores chances de abrir o placar no primeiro tempo. Aos 41 minutos, Lucas Pratto ficou muito perto de fazer o gol após falha da defesa adversária. Rodrigo Lobão perdeu a bola para Luiz Araújo, que serviu o camisa 14. O centroavante chutou e Victor Golas fez boa defesa.

Marcello Zambrana/AGIF
Rodrigo Caio comemora gol do São Paulo contra o Linense

Mãozinha do Linense

O São Paulo acelerou o ritmo no começo do segundo tempo. A pressão surtiu o resultado esperado e, com a ajuda do adversário, o Tricolor fez o primeiro. Após cruzamento de Buffarini, Rodrigo Caio tentou tocar para o meio da área, a bola desviou em Diego Felipe e entrou: 1 a 0.

Estreia

Contratado na última quarta-feira (29), Thomaz se apresentou ao elenco na quinta-feira e já estreou neste domingo. O meia, que defendia o Jorge Wilstermann, da Bolívia, entrou no lugar de Luiz Araújo.

Um a mais

Com a vantagem no placar, o São Paulo diminuiu o ritmo. Mesmo assim, o time teve as melhores oportunidades no decorrer do segundo tempo. Para complicar ainda mais a vida do Linense, Maycon foi expulso aos 34 minutos, após cometer falta e receber o segundo cartão amarelo.

Agora sim, Pratto

No finalzinho, o São Paulo ainda conseguiu ampliar. Shaylon, que havia acabado de entrar, cruzou da esquerda e Pratto, oportunista, mandou para o fundo das redes: 2 a 0. Foi o quinto gol do camisa 14 em sete partidas com a camisa do São Paulo, sendo que todos foram de cabeça.

FICHA TÉCNICA
LINENSE 0 x 2 SÃO PAULO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Público: 15.480 pagantes
Renda líquida: R$ 121.431,01
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis
Cartões amarelos: Maycon, Diego Felipe e Carleto (LIN); Buffarini (SPO)
Cartão vermelho: Maycon (LIN)
Gol: Diego Felipe (gol contra), 3 min do 2º T; Lucas Pratto, aos 48 min do 2º T

Linense: Victor Golas; Bruno Moura, Rodrigo Lobão, Caíque e Thiago Carleto (Bruno); Zé Antônio, Pio, Diego Felipe (Tatá) e Maycon; Thiago Humberto (Thiago Santos) e Gabrielzinho.
Técnico: Márcio Fernandes

São Paulo: Renan Ribeiro; Buffarini (Araruna), Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem (Shaylon), Luiz Araújo (Thomaz) e Lucas Pratto.
Técnico: Rogério Ceni

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos