Sassá lembra problemas extracampo: 'tinha que acontecer para eu acordar'

Do UOL, em São Paulo

Destaque do Botafogo na vitória sobre o Resende, o atacante Sassá afirmou nesta segunda-feira (3) ao SporTV que o afastamento por indisciplina no início da temporada fez com que ele amadurecesse e voltasse bem aos campos. Em entrevista, o jogador lembrou a irritação com a decisão do clube e destacou a importância do diretor Antonio Lopes para que ele voltasse a jogar.

"Problemas extracampo, que eu acho que tinham que acontecer para me acordar um pouco para a vida. Muita gente depende muito de mim, então não dá para ficar de brincadeira mais. Estou em nova fase na minha vida, feliz de ter voltado a jogar, a marcar, e mais feliz ainda por essa inscrição na Libertadores", comemorou o jogador.

Sassá, que marcou de bicicleta no fim de semana, lembrou quando recebeu a notícia de que havia ficado de fora da Libertadores. "Passou tudo, soltaram um montão de coisas que não eram verdade também, puxaram minha ficha com um monte de cosias que não eram verdade. Fiquei quieto, vou trabalhar", disse o atacante, lembrando na sequência de uma conversa com Lopes.

"O Lopes para mim é um cara no Botafogo que eu tomo com referência em todos os sentidos. A primeira pessoa que chego e falo é com ele. Ele me quebra mais na ideia do que dando porrada, me dá conselho, tenho mais facilidade de trocar ideia", elogiou.

O atacante ainda admitiu ter tido vontade de deixar o Botafogo, confirmando interesse do Corinthians por seu futebol e proposta do Lokomotiv de Moscou. "Fiquei chateado. Roí o osso o ano todo, zona de rebaixamento, encaixamos e fui um dos vice-artilheiros do Campeonato (Brasileiro). Dei uns moles pela idade. Aí do nada me tiram da Libertadores. Fiquei bastante chateado. Por três semanas, só ia no clube e ia embora", recordou.

Com filho a caminho, Sassá conversou com o presidente Carlos Eduardo Pereira sobre a insatisfação no clube. "Sou do Rio, meu filho nascendo. Quero voltar a ser feliz aqui dentro. A gente conversou, chegamos a um acordo e as coisas começaram a acontecer de novo", afirmou.

Sassá tem sido aproveitado pelo técnico Jair Oliveira durante o segundo tempo das partidas do Botafogo, tendo marcado contra o Bangu e contra o Resende e recuperando aos poucos o espaço perdido com o afastamento nos primeiros meses de 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos