Coritiba ameniza débito do Palmeiras por Raphael Veiga e quer renegociar

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Coxa ainda não recebeu do Palmeiras por Veiga: crédito a utilizar

    Coxa ainda não recebeu do Palmeiras por Veiga: crédito a utilizar

Depois de cobrar publicamente o Corinthians pelos valores referentes à negociação de Kasim, o Coritiba mira o Palmeiras. Embora não trate o que tem a receber como "dívida", o clube paranaense quer renegociar o acordo que previa um jogador do time paulista como parte da negociação por Raphael Veiga. 

"Não tem dívida do Palmeiras não. Tem um crédito, né, onde o Coritiba tem um valor que pode ser utilizado na hora que o Coritiba quiser, com jogadores que podem vir com salários pagos pelo Palmeiras", contou o gerente de futebol Alex Brasil, em entrevista à Rádio Transamérica. Ele ainda foi perguntado sobre a possibilidade desse crédito ser revertido em valor efetivo. "Estamos estudando isso, não somos nós que operamos essa negociação, claro que transformar esse crédito em espécie seria importante para nós."

Brasil não quis confirmar os valores da negociação, mas deu a entender que o que a imprensa vem divulgando, R$ 4,5 milhões, é o correto. "Tem uma cláusula no contrato que não pode ser divulgada, mas é isso que estão falando por aí", encerrou.

Palmeiras trata caso como acordo pendente

A apuração do UOL Esporte ouviu também o Palmeiras, que nos bastidores admite o crédito com a equipe paranaense, mas trata sem falar em prazos ou valores para retornar ao Coritiba. O paralelo seria o caso Barcos, em que o clube tinha direito a um quinto jogador do Grêmio que nunca chegou ao Alviverde paulista, mas ainda é tratado como um crédito.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos