Messi diz não se importar com críticas à seleção e valoriza título olímpico

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    "Ninguém mais do que nós quer ganhar pela seleção", disse Messi

    "Ninguém mais do que nós quer ganhar pela seleção", disse Messi

O atacante Lionel Messi afirmou em entrevista à edição latino-americana da revista Esquire que não se importa com as críticas à seleção argentina. O astro do Barcelona afirmou que até entende as cobranças, mas também valorizou o ouro olímpico conquistado pelo país no futebol dos Jogos de Pequim-2008.

"Não me importo com críticas, sabemos ao que estamos expostos hoje em dia. Entendo as pessoas que pedem e exigem da seleção, mas ninguém mais do que nós, que fazemos parte da seleção, queremos ganhar um título", disse.

"O título mais valorizado é o da Olimpíada, porque é um torneio que se joga uma vez na vida e é onde se convive com esportistas de diferentes modalidades", completou. A Argentina, atual quinta colocada nas Eliminatórias da Copa, não vence um título com a seleção principal há 24 anos, desde a Copa América de 1993.

Messi, que deixou a Argentina aos 13 anos para jogar nas categorias de base do Barcelona, também falou sobre suas escolhas na carreira e sobre os sacrifícios que precisou fazer para chegar ao topo do esporte. Ele é dono de cinco prêmios de melhor jogador do mundo (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015).

"Para chegar a ser um jogador de elite, houve muitos sacrifícios, mas não mais do que qualquer trabalhador para dar uma vida digna à sua família. O mais importante foi viver desde muito cedo fora de casa, longe de minha família e amigos. Foi duro, mas foi o que eu escolhi, e hoje assumo isso como necessário para desfrutar do futebol", concluiu.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos