Grêmio vence América-MG em jogo com confusão e bate-boca de técnicos

Do UOL, em Porto Alegre

O Grêmio segue na Primeira Liga. Nesta quarta-feira (5), o Tricolor venceu o América-MG em jogo atrasado da segunda rodada. Everton marcou o gol em uma partida que teve Bruno Rodrigo, Lucas Barrios e Gastón Fernández como atrações. A partida teve confusão nos minutos finais envolvendo jogadores e até os técnicos Renato Gaúcho e Enderson Moreira, que bateram boca à beira do gramado.

Com quatro pontos, o Grêmio se classifica como segundo do grupo. Atrás do Flamengo. O Ceará torcia pelo empate para ficar com a vaga. O próximo confronto depende de sorteio.

Quem foi bem: Arthur

Volante se destacou diante de um jogo onde a circulação de bola foi grande. A retranca do América-MG fez com que Arthur participasse muito da partida e ainda deu tempo de surgir no ataque. O jogador participou do lance que terminou em gol de Everton, no final do primeiro tempo.

Quem decepcionou: Leonardo e Wallace Oliveira

A lateral direita do Grêmio não foi boa. Titular, Leonardo sentiu o tornozelo e precisou ser substituído por Wallace Oliveira ainda no primeiro tempo. Até deixar o gramado, o camisa 6 foi discreto. O herdeiro da vaga na partida errou passes e não colaborou ofensivamente.

Barrios dá caneta, mas não decide

Lucas Barrios era uma das atrações do jogo, mas não teve uma atuação que atendesse a essa expectativa. Mesmo empenhado a não ficar parado na área, o camisa 18 passou longe de decidir. O centroavante deu caneta em um adversário, distribuiu bons passes, mas abriu mão da finalização em boa chance dentro da área.

Grêmio usa e abusa da paciência

O Grêmio teve domínio, mas não foi contundente. A retranca do adversário também pesou, mas em vários momentos faltou profundidade e iniciativa dos próprios jogadores. Everton marcou depois de uma rara jogada de infiltração e graças a uma excelente finalização.

A grande virtude do Tricolor foi a paciência para circular a bola.

A calma para rodar a bola e achar espaço, por vezes, virou o fio e transformou o Grêmio em um time sem objetivo. No segundo tempo a proposta foi alterada com as entradas de Lincoln e Maxi Rodríguez. A meta era deixar a equipe mais aguda. Ainda assim, a produção não mudou e o resultado seguiu.

Pênalti no final...

Perto do apito final, o América-MG se lançou para o ataque e pressionou o Grêmio como nunca antes do confronto. Em um lance na área, Fernandinho atingiu Ernandes. A arbitragem viu jogada normal e mandou seguir. Os jogadores do Coelho protestaram. E no seguimento da jogada, com um atleta caído e sangrando...

E confusão geral

Maxi Rodríguez levou a bola para a linha lateral e não devolveu ao América-MG. Ele acabou cercado por quatro jogadores e sofreu entrada dura. Após levar cotovelada, caiu e quase foi agredido. Os jogadores se reuniram e bateram boca. Renato Gaúcho deixou a área técnica e foi até Enderson Moreira. Os dois treinadores bateram boca e foi preciso intervenção da segurança. Maxi e Alex Silva foram expulsos.

 

Renato mantém testes até o limite

Jeferson Guareze/AGIF

A partida foi um grande laboratório e Renato Gaúcho manteve seus experimentos até onde foi possível. Com Gastón Fernández centralizado e Lucas Barrios adiantado, o treinador só mexeu no sistema ofensivo na reta final do jogo. Com Lincoln na vaga de La Gata e Maxi no lugar de Barrios, Everton seguiu aberto pelo lado esquerdo. O 4-2-3-1 foi mantido até o fim, mesmo diante de um adversário fechado.

The Voice na Arena

@Gremio/Twitter

Pouco antes da bola rolar, o vestiário do Grêmio recebeu a visita de Thomas Machado, 9 anos. Vencedor da segunda edição do reality show 'The Voice Kids', o menino ganhou camisa personalizada e conheceu os jogadores. Além de dar uma palinha. Thomas cantou "Beijinho Doce" diante dos atletas e comissão técnica.

No intervalo da partida, o cantor mirim foi para o centro do gramado com uma gaita e interpretou "Querência Amada" diante do público.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 AMÉRICA-MG

Data e hora: 05/04/2017 (quarta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 4.829 pessoas (3.904 pagantes)
Renda: R$ 67.592,00
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Auxiliares: Arnaldo Rodrigues de Souza (CE) e Fabiano Coelho da Silva (SC)
Cartões vermelhos: Maxi Rodríguez (GRE); Alex Silva (AMG)
Gols: Everton, aos 46 minutos do primeiro tempo (GRE)

GRÊMIO: Bruno Grassi; Leonardo (Wallace Oliveira), Bressan, Bruno Rodrigo e Cortez; Jaílson, Arthur, Fernandinho, Gastón Fernández (Lincoln) e Everton; Lucas Barrios (Maxi Rodríguez)
Técnico: Renato Gaúcho

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Auro, R. Lima, Messias e Blanco (Rubens); Christian (Alex Silva), Ernandes, Juninho, Renan Oliveira e Mike; Felipe Amorim (Matheusinho)
Técnico: Enderson Moreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos