Botafogo questionará vice do Fla na Justiça por acusações sobre Arena

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Pedro Ivo Almeida/UOL

    Rafael Strauch, ao lado presidente do Fla, Eduardo Bandeira de Mello, terá que responder a Jutiça

    Rafael Strauch, ao lado presidente do Fla, Eduardo Bandeira de Mello, terá que responder a Jutiça

A mais nova troca de farpas entre Flamengo e Botafogo se encaminha para a Justiça. As declarações o vice-presidente de administração do Rubro-negro, Rafael Strauch, não caíram bem em General Severiano e o Alvinegro já prepara uma interpelação criminal para que ele prove tudo na Justiça.

"Eles sabiam do problema! Nós soubemos em fevereiro e daí em diante estamos tomando todas as medidas para resolver, coisa que eles não fizeram. Quem é responsável e honesto resolve o problema! Quem é irresponsável e desonesto esconde, não resolve e lida com coisa séria fazendo graça", postou Strauch nesta quinta-feira no Twitter.

O vice-presidente jurídico do Botafogo, Domingos Fleury, deixou claro o posicionamento do clube diante das acusações do dirigente rubro-negro e explica o que acontecerá nos próximos dias.

"Vamos entrar com interpelação criminal contra esse dirigente do Flamengo [Rafael Satrauch]. Ele terá que provar o que falou. Se conseguir provar, tudo certo. Se não tiver provas, será processado por injúria e difamação. Tudo já está sendo montado e ele responderá tudo isso em breve", explicou Fleury ao UOL Esporte.

Já o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, lastimou toda a situação e, claro, as declarações de Strauch. "Lamentavelmente um dirigente do Flamengo falou sobre algo que não sabia e terá que provar o que falou. O caso já está com o departamento jurídico para serem tomadas as medidas cabíveis", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos