Gandula que simulou agressão em Itaquera é banido pelo Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Uma simulação de agressão fez o Corinthians tomar uma decisão na tarde desta quinta-feira. O gandula Ivan Régis Pinto foi banido pelo clube paulista e não trabalhará mais nos jogos do time alvinegro.

Ivan se envolveu em uma confusão no fim do primeiro tempo do duelo entre Corinthians e Universidad de Chile, nesta quarta-feira, em Itaquera. O gandula simulou uma agressão após contato com o zagueiro Gonzalo Jara à beira do campo, quando a equipe brasileira já vencia por 1 a 0

O gandula contratado pelo Corinthians, então, levou às mãos ao peito e caiu atrás da placa de publicidade, levantando-se em seguida, sem qualquer problema. Ivan não voltou a atuar no segundo tempo do jogo - a cena, por sua vez, logo virou piada na internet.

Segundo torcedores, Ivan é gandula do Corinthians há anos, desde a época em que o time alvinegro ainda atuava no Pacaembu. Na Arena Corinthians, ele desempenhava a função sempre no lado leste do gramado.

O Corinthians, que venceu os chilenos por 2 a 0 em Itaquera, volta a atuar em seu estádio no próximo domingo, contra o Botafogo, pelo jogo de volta das quartas de final do Campeonato Paulista. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos