Jogador da terceira divisão turca é condenado por "propaganda terrorista"

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Evrensel/Reprodução

    Entrevista repercutiu negativamente para Deniz Naki

    Entrevista repercutiu negativamente para Deniz Naki

O alemão Deniz Naki, de 27 anos, foi condenado nesta quinta-feira (6) por um tribunal da Turquia a 18 meses de prisão por "propaganda terrorista", além de já estar afastado do Amedspor, clube da terceira divisão turca. A informação é da agência de notícias estatal turca Anatolia.

Naki foi indiciado por criticar nas redes sociais as operações das forças de segurança turcas contra o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), tido pelo governo de Ancara como um grupo terrorista.

O atacante, sujeito ainda a um período probatório de cinco anos, ainda apelou para o fim da luta sangrenta no sudeste da Turquia durante uma entrevista, o que foi considerado uma "propaganda ideológica" pela comissão disciplinar da Federação de Futebol da Turquia, o que "contraria o espírito do esporte".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos